Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Segurança Social dá lucro a privado

O Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social alugou uma loja de 220 m2 no Bairro Alto, Lisboa, por 272,64 euros a uma empresa, que entretanto subalugou o espaço por dois mil euros/mês. Na loja funciona o restaurante Trindade, um dos finalistas do concurso ‘Lisboa à Prova’. Nesta zona da capital, os arrendamentos de espaços similares podem atingir os 3 mil euros.

5 de Março de 2012 às 01:00
Restaurante Trindade ocupa 220 m2 no Bairro Alto, em Lisboa
Restaurante Trindade ocupa 220 m2 no Bairro Alto, em Lisboa FOTO: Pedro Catarino

O Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social cobra a renda da loja à empresa AR Almeida, que tem como administrador único João Arnault.

A AR Almeida subcontratou uma outra empresa, a Curiosa Coincidência, de António Silva, para gerir o restaurante.

Após um desentendimento com João Arnault, no dia 20 de Dezembro de 2011, António Silva denunciou à PSP o esquema de aluguer. João Arnault tinha um contrato de avença como inspector da própria empresa, a AR Almeida, para inspeccionar o restaurante. Esta empresa fez um contrato com António Silva para gerir o estabelecimento e ficou estipulado que seria este a apagar 2550 euros ao inspector. Este valor terá, no entanto, sido reduzido para os dois mil euros em Dezembro de 2010.

NEGÓCIOS ESTADO LOJA SEGURANÇA SOCIAL
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)