Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Setor energético: falhar visita dá 20 euros

Comercializadores de energia passam a indemnizar o cliente
14 de Novembro de 2013 às 14:00
Faltar à marcação acordada implica uma 'multa'
Faltar à marcação acordada implica uma 'multa' FOTO: Duarte Roriz

As empresas de energia que não iniciem a visita acordada num prazo de duas horas e meia terão de indemnizar o cliente em 20 euros. Já se o cliente falhar, nas mesmas condições, a empresa também poderá reclamar uma penalização do mesmo valor.

Esta regra, que já existia para o serviço universal da EDP, estende-se agora às empresas do mercado liberalizado, explicou ao CM fonte da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

Os comercializadores são obrigados a responder aos clientes e, no caso de pedidos de informação, têm 15 dias para o efeito.

Em termos de qualidade do serviço, a ERSE estabeleceu metas para a redução das interrupções de energia, conforme se trate de zonas rurais, com menos população, intermédias ou cidades.

 

empresas falha energia multa marcação ERSE EDP mercado liberalizado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)