Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Sindicato dos Impostos pede mais demissões

Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais deveria "seguir o exemplo".
19 de Março de 2015 às 10:11
Paulo Ralha
Paulo Ralha FOTO: Miguel Baltazar

O presidente do Sindicato Nacional dos Impostos disse esta quinta-feira que a demissão do subdiretor-geral da Justiça Tributária "faz todo o sentido", defendendo que outros responsáveis, inclusive o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, deveriam seguir o exemplo.

"É uma demissão lógica, que faz todo o sentido. Contudo, há responsáveis que não podem continuar em funções. Necessariamente tem que haver [outras demissões]. Estou a falar de responsáveis que colocaram em prática esta bolsa VIP, que é um atentado ao Estado de direito, a todos os portugueses", declarou Paulo Ralha à agência Lusa.

O presidente do Sindicato Nacional dos Impostos disse ainda que o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, deveria também seguir "o exemplo", uma vez que politicamente "é ele o responsável por aquela área".

O subdiretor-geral da Justiça Tributária e Aduaneira, José Maria Pires, apresentou na quarta-feira a sua demissão à ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, que a aceitou, disse à agência Lusa fonte oficial.

presidente do Sindicato Nacional dos Impostos Justiça Tributária
Ver comentários