Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Sobem juros do crédito à habitação

As taxas de juro implícitas no crédito à habitação subiram em Fevereiro para uma média de 4,816 por cento. Uma ascensão que completa os 15 meses consecutivos, segundo os dados divulgados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).
26 de Março de 2007 às 19:21
O aumento de Janeiro para Fevereiro foi de 0,052 pontos percentuais, com o indicador do preço do dinheiro a manter a tendência de subida iniciada no final de 2005. As taxas de juro implícitas são calculadas dividindo o total de juros vencidos sobre o total de capital em dívida.
A taxa de juro média implícita nos contratos para a compra de terrenos para habitação era em Fevereiro de 4,58 por cento e de 4,816 por cento para a construção de habitação e para a aquisição de habitação, respectivamente.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)