Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Sócrates: "Governo tem sido eficaz" no combate ao desemprego

O primeiro-ministro, José Sócrates, considera que o aumento do desemprego em Portugal é consequência da crise internacional. O chefe de Governo sublinha que a taxa não é mais elevada graças ao actual crescimento económico e às medidas activas de emprego do Executivo.
7 de Janeiro de 2011 às 13:11
Primeiro-ministro sublinhou que números seriam superiores se papel do Governo fosse diferente
Primeiro-ministro sublinhou que números seriam superiores se papel do Governo fosse diferente FOTO: Jornal Negócios/Pedro Elias

José Sócrates comentou, esta sexta-feira, a taxa de desemprego de 11 por cento em Novembro, dados avançados pelo Eurostat. Este valor mantém-se igual ao de Outubro.

"A economia portuguesa está a reagir, até porque teremos em 2010 um crescimento bem acima daquilo que era esperado, mas esse crescimento não é ainda suficiente para compensar o desemprego provocado pela crise internacional nestes dois últimos anos. O desemprego é uma chaga social, mas afecta todos os países desenvolvidos em todo o mundo", disse o primeiro-ministro.

Nas suas declarações no final do debate quinzenal, na Assembleia da República, José Sócrates sublinhou que "o Governo tem sido eficaz e o desemprego subiria muito mais se não tivessem sido tomadas essas medidas". Sustentando que "o desemprego subiu muito mais em outros países, caso da Espanha que está a lidar com uma taxa de desemprego de 20 por cento".

sócrates desemprego taxa eurostat governo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)