Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Soflusa: Ligações fluviais retomadas

As ligações fluviais entre o Barreiro e o Terreiro do Paço, em Lisboa, já foram retomadas depois de uma greve dos trabalhadores da empresa Soflusa, que paralisou carreiras durante as horas de ponta da manhã e da tarde.
30 de Janeiro de 2012 às 20:48
Ligações entre Barreiro e Terreiro do Paço foram retomadas
Ligações entre Barreiro e Terreiro do Paço foram retomadas FOTO: Pedro Catarino

"As ligações já foram retomadas nos dois sentidos", disse fonte oficial da empresa Soflusa à Agência Lusa.

Os trabalhadores da empresa realizaram esta segunda-feira dois períodos de greve contra o Plano Estratégico dos Transportes, que prevê, por exemplo, a fusão entre a Transtejo e a Soflusa, criticando também a redução do número de ligações no serviço, que dizem ascender a um total de 49 (43 ao fim de semana e seis nos dias de semana).

A empresa Soflusa refere que a adesão global à greve de hoje foi de 65 por cento, depois de no período da manhã avançar com um número de adesão de 84 por cento.

"A adesão à greve foi de 65 por cento. Os números globais do dia são mais baixos que os do período da manhã pois os administrativos, que não fizeram greve, entraram nas contas da tarde", referiu.

A mesma fonte explicou que durante os períodos de greve não houve nenhuma ligação fluvial entre as duas margens, lembrando que basta faltar uma pessoa da tripulação para que o barco não faça a viagem.

António Almeida, do Sindicato dos Transportes Fluviais, Costeiros e da Marinha Mercante, afirmou à Agência Lusa que a adesão foi de 100 por cento no dia de hoje.

"A adesão é de 100 por cento, tal como no período da manhã, pois não houve barcos nos períodos de greve definidos. Esta adesão é um indicador para quem o souber ler e perceber que o que está em causa é a mobilidade das pessoas", defendeu.

O sindicalista referiu ainda que os trabalhadores vão também participar na greve do sector dos transportes, no dia 2 de Fevereiro, nos mesmos moldes de hoje, de três horas por turno nas horas de ponta. "Vamos também aderir à greve de luta do sector contra o Plano Estratégico dos Transportes. A fusão da Transtejo e Soflusa também preocupa e o ministro não cumpriu o que disse e afastou os sindicatos do processo, mas estamos à espera que faça jus à sua palavra", concluiu.

soflusa greve trabalhadores lisboa barreiro sindicato
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)