Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Solução informática contra crime financeiro

As instituições financeiras portuguesas têm uma nova arma para combater o branqueamento de capitais, a fraude e o crime financeiro. Trata-se de uma solução informática, o ‘Erase – Financial Crime Suite’, que vem responder a uma crescente preocupação com este tipo de crimes que servem para ‘limpar’ dinheiro proveniente do tráfico de droga e financiar o terrorismo.
25 de Julho de 2005 às 00:00
Branquear dinheiro deverá passar a ser mais difícil em Portugal
Branquear dinheiro deverá passar a ser mais difícil em Portugal FOTO: Jorge Paula
Esta nova ferramenta informática “analisa todas as transacções financeiras e alterações a perfis de clientes” de uma instituição financeira e gera alertas sempre que é detectado um caso suspeito”, segundo explicou ao CM Pedro Aparício, da Edinfor – a LogicaCMG, empresa que juntamente com a NetEconomy são responsáveis pela introdução desta solução no mercado português.
“Por exemplo, se alguém fizer 20 depósitos de cinco mil euros na rede Multibanco num dia e no dia seguinte transferir esse dinheiro electronicamente, essa situação será analisada” por esta nova solução, explicou o responsável.
Esta ferramenta permite também tratar os alertas gerados e acompanhar casos em aberto, além de produzir relatórios para as entidades competentes.
700 MIL MILHÕES POR ANO
O branqueamento de capitais representará 700 mil milhões de euros, a nível mundial, em 2005, de acordo com dados recentemente divulgados pelo Ministério da Justiça.
Não há estimativas concretas sobre o montante que passa por Portugal, que se suspeita seja “muito elevado”, mas sabe-se que o País é usado como plataforma de movimentação nem sempre clara de capitais.
Por esta razão, Pedro Aparício, da Edinfor – a LogicaCMG, considera que esta nova solução informática deve ser “parte fundamental de iniciativas abrangentes de combate ao branqueamento de capitais”, uma vez que é uma “ferramenta pró-activa para acções de prevenção, investigação e limitação de danos”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)