Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Supremo dá razão à Deco e "ressuscita" processo contra ex-administradores do BES

Foi ordenado que o tribunal cível prossiga os autos de uma ação popular em nome dos pequenos acionistas.
Lusa 15 de Maio de 2019 às 14:03
BES
BES
BES
BES
BES
BES
BES
BES
BES

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) deu razão a um recurso da Deco ordenando que o tribunal cível prossiga os autos de uma ação popular em nome dos pequenos acionistas do Banco Espírito Santo contra ex-administrados da instituição bancária.

Segundo um acórdão, a que a agência Lusa teve acesso, o STJ deu razão à Deco, ao revogar uma decisão do tribunal de primeira instância (confirmada pela Relação de Lisboa), ordenando que o processo prossiga os seus trâmites.

A Associação de Defesa do Consumidor (Deco) apresentou a 3 de fevereiro de 2015 uma ação popular em defesa dos interesses de pequenos acionistas do BES contra 27 réus, para que estes sejam responsabilizados pelo pagamento dos prejuízos causados pelo aumento de capital do BES, em junho de 2014.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)