Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Tabaco vai ficar 80 por cento mais caro

O tabaco vai sofrer um forte aumento nos próximos quatro anos, podendo vir a custar mais 80 por cento que o preço actual, anunciou esta terça-feira o ministro da Saúde, Correia de Campos, na abertura das celebrações do Dia Mundial Sem Tabaco.
31 de Maio de 2005 às 13:01
Sem querer especificar valores exactos, o governante avançou que o preço do tabaco vai sofrer aumentos consideráveis ao longo dos próximos quatro anos, adiantando que o ajustamento de preços pode atingir os 80 por cento.
Na opinião de Correia de Campos, este pesado aumento do preço do tabaco, através de um agravamento do imposto sobre os produtos tabágicos, é uma “medida indispensável para a saúde e as finanças públicas.
Durante a sua intervenção, o ministro revelou também que a próxima legislação sobre o tabaco deverá contemplar também a interdição da compra de produtos tabágicos a menores de 18 anos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)