Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Teixeira dos Santos não quer ouvir falar de recessão

O ministro das Finanças diz que mais "importante do que discutir se deve ou não ser decretada recessão, o mais importante é decretar medidas necessárias para combater as dificuldades".
27 de Novembro de 2008 às 12:54
Teixeira dos Santos não quer ouvir falar de recessão
Teixeira dos Santos não quer ouvir falar de recessão FOTO: Tiago Petinga, Lusa

Durante o debate na especialidade de Orçamento de Estado para 2009 a oposição teceu fortes críticas às previsões do Governo para a economia portuguesa.

Francisco Louçã, deputado do Bloco de Esquerda (BE), acusou o executivo de ter-se 'entretido a apresentar cenários completamente irrealistas', alertando que o próprio Banco de Portugal alertou para a possibilidade de 'resultados negativos no crescimento da economia' no início do próximo ano.

Duarte Pacheco, deputado do PSD, também criticou o cenário macroeconómico do OE2009, citando as previsões de organizações como o Fundo Monetário Internacional ou até a Comissão Europeia.

Já Diogo Feio, líder parlamentar do CDS-PP, atacou o irrealismo das previsões governamentais, afirmando que 'a conjuntura estilhaçou-as', alertando para o facto de ser 'completamente impossível', com a descida do IVA, por exemplo, aumentar as receitas fiscais em 5,8 por cento.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)