Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

“Temos 4171 milhões para gastar até 2015”

Jaime Silva, Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas
2 de Maio de 2009 às 00:30
“Temos 4171 milhões para gastar até 2015”
“Temos 4171 milhões para gastar até 2015”

Correio da Manhã – Como avalia as críticas que o acusam de não ter dado as verbas que prometeu para os agricultores e que "desperdiçou 850 milhões"?

Jaime Silva – Todos os portugueses podem confirmar no site do IFAP que estamos a pagar, e com segurança. No ano passado também disseram que estávamos atrasados e, afinal, pagámos. Este ano dizem que desperdiçámos 850 milhões de euros. Estão enganados. Deviam estudar programação financeira. Não temos 850 milhões para gastar, temos sim 4171 milhões de euros para gastar até 2015 e vamos gastá-los bem.

– Em que tipo de projectos?

– Em projectos sustentados, que privilegiem os postos de trabalho, como alguns que existem no Alentejo. A região tem o maior número de projectos no PRODER e está a dar resposta. Mesmo num ano de crise, há agricultores aqui que arriscam investir e isso é gratificante.

– Tem visto produtores preocupados em relação à Gripe A?

– Tenho, mas precisamos de esclarecer que estamos perante uma gripe que se transmite de humano para humano. A carne suína recomenda-se. Não há qualquer problema em continuar a consumir a nossa carne de porco.

– Oito mil sobreiros foram abatidos numa herdade em Oriola, Portel, plantados com apoios comunitários há 15 anos. Como reage a esta situação?

– Vamos aplicar a lei. A GNR já identificou o problema e notificou a Autoridade Florestal Nacional. Vamos agora ser implacáveis na aplicação da lei da protecção dos sobreiros, uma espécie protegida.

– O que pode acontecer?

– Nós temos um sistema de penalização com coimas, que pode inclusivamente levar à interdição de qualquer actividade agrícola nessa área durante 25 anos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)