Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Trabalhadores da Cabovisão pedem ajuda a Palmela para evitar despedimento

Os trabalhadores da empresa de telecomunicações Cabovisão vão esta segunda-feira concentrar-se junto da câmara municipal de Palmela para pedir à presidente da autarquia que pressione a empresa, de forma a evitar o anunciado despedimento colectivo de 100 pessoas.
14 de Maio de 2012 às 08:54

"O sindicato [Nacional dos Trabalhadores das Telecomunicações e Audiovisual] e os trabalhadores decidiram concentrar-se hoje [segunda-feira] junto à Camara de Palmela", disse à agência Lusa o dirigente sindical António Caetano.

 

Segundo explicou, o objectivo é "dar conhecimento à população do despedimento colectivo de mais de 100 trabalhadores" da Cabovisão e reunir com a presidente da autarquia, "para pedir a sua intervenção junto da Cabovisão para que se evite este processo".

 

A Cabovisão, que fornece telefone, Internet e televisão, sobretudo no distrito de Setúbal, notificou, entre os dias 3 e 4 deste mês, 100 trabalhadores, anunciando-lhes que estavam abrangidos por um processo de despedimento colectivo.

 

A operadora, que em Fevereiro foi vendida pela canadiana Cogeco Cable à francesa Altice, não avançou com justificações nas notificações, de acordo com António Caetano, que acredita tratar-se de uma medida para reduzir custos.   

A Cabovisão tem um toral 370 trabalhadores.

Cabovisão Palmela trabalhadores despedimento
Ver comentários