Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Trabalhadores da Transtejo anunciam greve

Os trabalhadores da Transtejo decidiram em plenário agravar as formas de protesto contra os processos disciplinares movidos, passando a efectuar, a partir do próximo mês, duas horas de paralisação por turno e mantendo a greve às horas extraordinárias.
14 de Setembro de 2007 às 20:29
“Para além de mantermos a greve às horas extraordinárias, vamos realizar a partir de Outubro duas horas de greve por cada turno em todos os sectores da empresa”, informou o Sindicato dos Transportes Fluviais, Costeiros e da Marinha Mercante, acrescentando que “já está na altura de agravarmos as formas de luta e não o fazemos mais por causa doas utentes”.
O Sindicato advertiu ainda para que as paralisações poderão ocorrer nas horas de ponta.
Recorde-se que os trabalhadores da empresa, que assegura o transporte de barco entre as duas margens do Tejo, convocaram uma greve às horas extra desde 23 de Julho e por tempo indeterminado, na sequência da Transtejo ter decidido marcar faltas injustificadas a quem aderiu à greve geral e de descontar o prémio de assiduidade.
Por seu lado, a empresa assegurou que as sanções impostas só se aplicam a quem não cumpriu os serviços mínimos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)