Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Trabalhadores concentrados junto ao hotel Tivoli

Defesa do contrato coletivo.
14 de Maio de 2015 às 10:50
No entender do sindicato, a empresa não está a pagar em conformidade com a lei as horas extraordinárias
No entender do sindicato, a empresa não está a pagar em conformidade com a lei as horas extraordinárias FOTO: Direitos Reservados

Três dezenas de dirigentes, delegados e ativistas sindicais da Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares estão concentrados desde as 08h00 desta quinta-feira frente ao hotel Tivoli, em Lisboa, em defesa do contrato coletivo de trabalho.


Em declarações à agência Lusa, Maria das Dores Gomes, do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Sul, disse que os trabalhadores e dirigentes sindicais se concentraram junto ao hotel Tivoli em luta por melhores salários e pelo pagamento de trabalho em dia feriado a 100%.


"Esta luta prende-se com a defesa do contrato coletivo de trabalho dos hotéis que a direção da associação patronal [Associação da Hotelaria de Portugal] quer liquidar e a Administração do Hotel Tivoli", disse.


No entender de Maria das Dores Gomes, a empresa não está a pagar em conformidade com a lei as horas extraordinárias e o trabalho em dia feriado.


"Os trabalhadores também não têm aumentos salariais há mais de seis anos. Por isso, estamos aqui em frente ao hotel Tivoli, mas temos na calha fazer outras ações noutros hotéis cuja administração faz parte da associação patronal", disse.


A sindicalista lembrou que o sindicato já tentou, sem sucesso, reunir-se e debater o assunto com a empresa.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)