Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Tributação das mais valias é justa

O presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), afirmou esta quarta-feira que a tributação das mais valias bolsistas é justa. "Em termos de justiça fiscal a questão não se põe, é evidente", afirmou o regulador da bolsa aos deputados da Comissao de Orçamento e Finanças, sugerindo ainda ao Governo que fomente "a procura de obrigações por parte das empresas".
12 de Maio de 2010 às 12:40
Carlos Tavares sugeriu ao Governo que fomente "a procura de obrigações por parte das empresas"
Carlos Tavares sugeriu ao Governo que fomente 'a procura de obrigações por parte das empresas' FOTO: Pedro Elias/Jornal de Negócios

Em relação à análise do actual comportamento financeiro dos mercados, Carlos Tavares lembrou que "não podemos presumir que as políticas usadas para salvar os bancos, como o aumento das dívidas públicas e que foram excepcionais, não têm efeitos laterais”. Ainda assim, admitiu que "os mercados continuam muito influenciados pelo curto prazo". "A volatilidade também penaliza os especuladores, é inevitável que não haja muito gente a perder dinheiro no mercado", sublinhou

Já no que toca à supervisão, Carlos Tavares voltou a defender um modelo dual, com a separação entre a supervisão prudencial e comportamental. E lembrou que "as duas instituições que venham a existir não podem trabalhar de costas voltadas, têm que ter um sistema de troca de informações que lhes permita dirimir este tipo de conflitos de interesses".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)