Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Trichet admite retoma moderada em 2010

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, admitiu esta quarta-feira que 2010 possa vir a ser já um ano de “retoma moderada” do crescimento, caso a confiança regresse aos mercados e à economia.
18 de Março de 2009 às 09:07
Jean-Claude Trichet
Jean-Claude Trichet FOTO: d.r.

"Como o meu colega Ben Bernanke (da Reserva Federal dos EUA), penso que o ano de 2009 será muito, muito difícil" e  que "enfrentamos um período que continua  muito incerto", afirmou Trichet, entrevistado pela estação de rádio francesa Europe 1.  

Mas, apesar das dificuldades, o presidente do BCE admitiu existir “um acordo bastante geral de todas as instituições públicas ou privadas para pensar que 2010 pode ser o ano da retomada moderada do crescimento", acrescentou.  

Todavia, Jean-Claude Trichet não deixou de alertar: "Não é um dado previamente adquirido, dependerá da maneira como as autoridades, mas também os cidadãos e as empresas, vão reencontrar a confiança".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)