Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Trichet prevê "crescimento moderado" da economia da Zona Euro

O presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, previu esta terça-feira um crescimento "moderado" do produto interno bruto (PIB) da Zona Euro no final de 2011, numa intervenção no Parlamento Europeu onde defendeu a criação de um Ministério das Finanças europeu.
4 de Outubro de 2011 às 17:13
Trichet  espera que a inflação em 2012 fique abaixo de dois por cento
Trichet espera que a inflação em 2012 fique abaixo de dois por cento FOTO: EPA

"Esperamos um crescimento real muito moderado do PIB da Zona Euro no segundo semestre" de 2011, referiu Trichet, perante a comissão de Economia e Assuntos Monetários do Parlamento Europeu.  

O líder do BCE disse ainda esperar que a inflação em 2012 fique abaixo de dois por cento, mas referiu que para isso importa ver também a evolução da cotação das matérias-primas.  

"Temos que ver como serão os preços das matérias-primas e a evolução dos salários (...) Os preços vão manter-se acima dos dois por cento nos próximos meses, mas a inflação ficará abaixo desse nível em 2012", estimou Trichet, naquela que foi a sua última comparência perante o Parlamento Europeu, antes de passar as rédeas do BCE ao italiano Mario Draghi, a 01 de Novembro. Trichet aproveitou a oportunidade para voltar a defender a criação de um Ministério Europeu das Finanças, num quadro de reforço da união dos 17 países da Zona Euro.   

"A Europa precisará de fazer progressos significativos em direcção a uma união política com um poder executivo e um parlamento, ambos com maiores responsabilidades, tal como em qualquer democracia", referiu o presidente do BCE.  

"Parte deste poder executivo seria um Ministério das Finanças europeu que seria responsável, não necessariamente por um orçamento federal muito grande, mas certamente por uma forte vigilância económica e fiscal, pela regulação do sector financeiro e pela representação externa da União Económica e Monetária", acrescentou.   

Jean-Claude Juncker, que lidera o Eurogrupo, que reúne os ministros das Finanças da Zona Euro, rejeitou na passada semana a criação de um ministério europeu das Finanças, considerando que se iria sobrepor à Comissão Europeia, o actual executivo comunitário.

trichet banco central europeu finanças pib zona euro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)