Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Turismo: Alerta para perigo de monopólio em Cabo Verde

Especialista mostra-se surpreendido por cerca de 70% do mercado ser dominado por uma empresa.
22 de Outubro de 2014 às 12:37
Cabo Verde
Cabo Verde FOTO: DEA/V. Giannella/Getty Images

Um especialista português em Turismo alertou para os perigos de o setor em Cabo Verde se concentrar num só operador, mostrando-se surpreendido por cerca de 70 por cento do mercado ser dominado por uma empresa.

Citado pelo semanário cabo-verdiano A Nação, Paulo Vaz, diretor da Escola de Hotelaria e Turismo do Douro (EHTD), em Portugal, salientou tratar-se de um risco e um cenário a ser revertido que o Grupo Tui, de origem alemã, detenha essa quota de mercado.

Paulo Vaz, que esteve em Cabo Verde a participar na conferência 'Turismo e Desenvolvimento Sustentável', realizada na ilha do Sal e promovida pelo Instituto para a Democracia e Desenvolvimento, em parceria com a Fundação Friedrich Ebert, disse que a concentração do turismo num só operador é aterradora.

"Há algo que tem de ser feito e, se calhar, é preciso começar por oferecer mais alguma coisa e perceber junto dos operadores o que é que os seus clientes estão interessados em fazer em Cabo Verde e dar-lhes essa oferta", salientou.

"A solução tem de ser uma solução ganhadora para ambas as partes", defendeu Paulo Vaz, salientando que Cabo Verde deve apostar na diversificação do destino 'Sol & Mar' e apostar no turismo de valor acrescentado e de qualidade.

Cabo Verde turismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)