Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Turismo de Portugal considera greve da TAP um "desrespeito"

João Cotrim de Figueiredo lamenta decisão.
18 de Abril de 2015 às 16:22
 A TAP anunciou uma greve ade dez dias
A TAP anunciou uma greve ade dez dias FOTO: Mário Cruz/Lusa

O presidente do Turismo de Portugal disse este sábado que a anunciada greve de dez dias na TAP convocada pelo Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) é um "desrespeito" pelos esforços de todo o setor.


"Enquanto presidente da autoridade nacional do Turismo e defensor deste setor tenho que dizer com todas as letras que esta greve é um desrespeito pelo esforço de milhares de trabalhadores e empresários e empresas que fizeram do setor do turismo dos mais dinâmicos do país e dos mais competitivos da Europa", afirmou à Lusa o presidente do Turismo de Portugal, João Cotrim de Figueiredo.


O dirigente daquela entidade alertou que a greve pode pôr em causa os resultados do setor do turismo nacional, num ano em que os primeiros dados apontam para a "continuação de um crescimento forte, acima dos dois dígitos".


"Essa excelente trajetória está claramente em causa com este tipo de problemas porque ocasionam problemas nos dias da greve como já estão a causar cancelamentos em massa nesta altura e irão posteriormente continuar a afetar a imagem da acessibilidade aérea a Portugal", declarou João Cotrim de Figueiredo.


A greve entre 1 e 10 de maio foi decidida na quarta-feira, em assembleia-geral convocada pelo SPAC, reunião que contou com a participação de cerca de 500 pilotos da TAP.

Turismo Portugal TAP greve
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)