Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Turistas passam sem pagar

Os estrangeiros que chegam de Espanha pela ponte do Guadiana deparam-se com um sistema de pagamento de portagens da A22 "pouco intuitivo", queixam-se. Muitos decidem passar sem pagar.

5 de Março de 2012 às 01:00
Turistas afirmam que máquina de pagamento automático é “pouco intuitiva”
Turistas afirmam que máquina de pagamento automático é “pouco intuitiva” FOTO: Luis Costa

"Não percebo nada disto. Nem sequer dá para meter notas", queixou-se ontem ao CM Maribel Picon, 61 anos, que veio de Sevilha passar quatro dias a Alvor, em Portimão.

Os carros são avisados, mal atravessam a ponte, de que têm de se dirigir a uma máquina para pagar previamente as portagens. É essa máquina, situada no posto fronteiriço, que tem criado os problemas aos turistas. "Eu até queria pagar, mas já estou aqui há 15 minutos e nem sequer com cartão de débito funciona, porque dá erro no final", assumiu Segundo Artilla, 71 anos, também de Sevilha. "Amigos meus já me tinham avisado de que era complicado, mas nunca pensei que tivesse de ir embora, porque não dá para pagar", disse ainda Segundo Artilla, que seguiu caminho sem efectuar o pagamento prévio.

No local, o CM falou com outros turistas estrangeiros que decidiram seguir pela A22 sem pagar ou então foram pela Estrada Nacional 125.

TURISTAS ALGARVE PORTAGENS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)