Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

UE AUTORIZA MILHO TRANSGÉNICO

A Comissão Europeia autorizou, esta quarta-feira, a comercialização de um alimento geneticamente modificado, o milho ‘BT-11’, terminando a proibição dos produtos transgénicos. Os ecologistas contestam esta decisão.
19 de Maio de 2004 às 11:46
A autorização, a primeira desde 1999, foi decidida hoje na reunião semanal dos comissários europeus. Assim, fica autorizada a importação do milho doce ‘BT-11’ produzido pela firma suíça Syngenta, destinado ao consumo humano. Para já, o cultivo deste produto não será permitido, sendo autorizada apenas a sua venda em grão ou em maçaroca.
A votação em torno do milho transgénico não teve consenso. Seis países votaram contra a autorização da comercialização – Portugal, França, Áustria, Luxemburgo, Dinamarca e Grécia -, enquanto outros seis votaram a favor – Irlanda, Reino Unido, Holanda, Suécia, Finlândia e Itália -, enquanto outros três se abstiveram – Alemanha, Bélgica e Espanha. Assim, à falta de acordo entre os ministros da Agricultura dos Estados-membros, a Comissão Europeia assumiu a responsabilidade política de dar autorização oficial.
Alguns estados exigiam, antes da autorização, a vigência de uma legislação sobre a rotulagem e origem dos Organismos Geneticamente Modificados (OGM), que entrou em vigor a 19 de Abril.
O ‘BT-11’ é um milhos geneticamente modificado resistente a um tipo de insecto e tolerante ao herbicida produzido com base em glufosinato de amónio. A sua comercialização será autorizada por um período de dez anos e deverá apresentar um rótulo que indique que o produto é OGM.
Em 1998, a UE impôs a obrigação de uma decisão oficial sobre os produtos transgénicos, devido à falta de estudos sobre as consequências dos alimentos geneticamente modificados sobre as colheitas tradicionais ou no consumo humano.
Bruxelas tem em análise mais 33 pedidos de autorização de produtos OGM.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)