UE terá posição "firme" sobre taxas às importações de aço e alumínio

Declaração foi feita esta segunda-feira pelo ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.
Por Lusa|12.03.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O ministro da Economia disse esta segunda-feira que a União Europeia terá uma posição "única, firme e determinada" quanto à decisão dos EUA de taxar as importações de aço e de alumínio e admitiu que estão a ser estudadas medidas de salvaguarda.

"O que se trata é de garantir que há uma união entre os países da União Europeia [EU], que estes têm uma posição única, firme e determinada no sentido de não deixar passar estas medidas, nem deixar que haja uma evolução em que se comece a pôr em causa o que tem sido uma tradição nas últimas décadas, já desde a II Guerra Mundial, que é a de abertura ao comércio e de não imposição de tarifas", explicou Manuel Caldeira Cabral, à saída da reunião de ministros comunitários da Competitividade, que decorreu hoje em Bruxelas.

Salientando que os Estados-membroManuel Caldeira Cabrals consideram que as taxas alfandegárias sobre as importações de aço e de alumínio "não são justificáveis", o ministro da Economia reconheceu que a Comissão Europeia está a estudar "medidas de salvaguarda" para responder à decisão dos Estados Unidos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!