Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

‘Vendiam’ falsos cursos financiados pela Europa

Prometiam cursos financiados por fundos comunitários, mas exigiam "entradas" até aos 1500 euros para despesas de inscrição. Prometiam subsídios equivalentes ao salário mínimo, mais cem euros de ajudas para deslocações e utilizavam o nome da Penafiel Activa, empresa municipal que dá cursos de formação e de Informática. A GNR acredita que as duas mulheres, de 33 e 43 anos, burlaram cerca de 200 pessoas de vários concelhos da região do Tâmega e Sousa. Foram detidas pelos investigadores que recuperaram 4000 euros e fichas de inscrição com os logotipos das empresas.
18 de Março de 2009 às 00:30
GNR recupera dinheiro e apreende fichas de inscrição
GNR recupera dinheiro e apreende fichas de inscrição

"Eu estava desempregada e receber dinheiro para fazer um curso pareceu-me aliciante. Dei 1500 euros, com a promessa de reaver o dinheiro no início do curso", contou ao CM uma das vítimas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)