Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
2

Aponta arma à cabeça de polícia

Noite do Porto já sem casos de mortes, mas ainda com muitos fenómenos de violência. Surgem novos gangs.
25 de Janeiro de 2010 às 00:30
São muitos os jovens que acorrem aos espaços de diversão nocturna na zona industrial do Porto. As discotecas estão sempre cheias
São muitos os jovens que acorrem aos espaços de diversão nocturna na zona industrial do Porto. As discotecas estão sempre cheias FOTO: José Rebelo

O incidente registado há cerca de um mês no interior da discoteca 114, na zona industrial do Porto, demonstra bem a violência crescente na noite da Invicta. Tiago Pitt Bull, um jovem do bairro do Aleixo, já identificado em diversas cenas de violência, terá apontado uma pistola à cabeça de um agente da PSP fora de serviço. Chegaram reforços policiais, o incidente foi registado pelas autoridades, mas a pistola nunca foi apreendida. No meio da confusão, uma mulher terá feito desaparecer a arma.

Além deste incidente outros têm ocorrido na noite da Invicta, manchada por quatro mortes em 2007, no âmbito das lutas pelo domínio do território. Desapareceu o grupo da Ribeira e, sofridas as alterações, devido à morte do líder do gang de Miragaia, outros grupos surgiram. Foram travadas as lutas pelo controlo da segurança das discotecas, mas continuam as lutas pelo domínio territorial em negócios de droga.

A nova lei, que obrigou as discotecas a contratar seguranças sem qualquer cadastro, é também responsável pela alteração da realidade.

O fenómeno, que tem vindo a ser acompanhado pela Polícia Judiciária do Porto, revela ainda que outros grupos se formaram depois da operação conhecida como ‘Noite Branca’. E todos têm um aspecto em comum: a presença de elementos dos Superdragões nos gangs criminosos.

Refira-se ainda que, embora o último grupo verdadeiramente organizado tenha sido o dos irmãos Correia – de Miragaia –, formou-se agora outro potencialmente perigoso.

É liderado por um ex-amigo dos Correia – que no julgamento declarou que não reconhecia os assassinos de Ilídio – e por um jovem cadastrado que já liderou o grupo de Valbom, também desmantelado devido à prisão dos restantes elementos.

LÍDER DOS SUPERDRAGÕES COM SEGURANÇA

Fernando Madureira não facilita a segurança desde o dia em que Aurélio Palha foi assassinado. O líder dos Superdragões era próximo do gang da Ribeira e esteve no último jantar de Palha, antes de ser abatido. Mediou um jantar com Rómulo, dono de um ginásio frequentado por seguranças. O encontro não correu bem e Rómulo foi agredido por ‘Berto Maluco’, amigo de Aurélio. É ‘Macaco ‘ quem leva Rómulo ao Hospital de S. António. Pouco depois, um tiroteio à porta da Chic mata Aurélio Palha.

MULHER DE 'PIDÁ' PROTEGIDA POR AMIGOS DRAGÕES

Telma Sequeira, mulher de Bruno ‘Pidá’, também tem assegurada segurança pessoal. São os mesmos elementos que fazem parte da claque portista que protegem o líder dos Superdragões. Telma teme retaliações dos irmãos Correia, desde que o marido foi preso pela autoria da morte do segurança Ilídio Correia. ‘Pidá’ e os amigos do gang da Ribeira foram condenados a mais de vinte anos de cadeia, mas Telma ainda não descura a protecção em algumas incursões em locais públicos.

PORMENORES

AGREDIDO

O líder dos Superdragões foi uma das vítimas dos irmãos Correia. Segundo o DCIAP, terá sido ameaçado de morte e alvo de uma tentativa de agressão, em meados de Agosto de 2008, no interior de uma discoteca do Porto.

CONTRA 'PIDÁ'

Na Acusação agora deduzida, os irmãos Correia, testemunhas contra ‘Pidá’, são acusados de exercício ilegal de segurança nas discotecas Sublime, La Movida e Galeria Café.

JOVEM ESPANCADO NO LA MOVIDA

Tiago ‘Pitbull’ é um dos agressores identificados no vídeo a que o CM teve acesso e que regista cenas de violência na discoteca La Movida, no Porto, a 20 de Julho de 2009. As imagens mostram um jovem a ser brutalmente espancado com o vigilante do estabelecimento a assistir sem intervir, optando mesmo por fugir do local. Regressou quando os ânimos já estavam calmos. A rixa começou com provocações entre grupos rivais. Os seguranças mandam embora um dos grupos, que volta minutos depois e espanca o jovem.

TIROTEIO NA VERSAGE FERE CLIENTES

Um tiroteio anteontem na entrada da discoteca Versage, em Ermesinde, Valongo, atingiu três mulheres. Na origem dos disparos esteve um desacato entre três jovens que obrigou à intervenção dos seguranças do estabelecimento, que terão usado de força física. Os três clientes foram expulsos, mas regressam pouco depois, dispostos a retaliar com três armas que tinham no carro. Junto à porta da discoteca começaram a disparar para o interior e as balas atingiram as três jovens. Fugiram rapidamente de carro e estão ainda a monte.

NÚCLEO DURO DA RIBEIRA NA PRISÃO

Quatro elementos do gang da Ribeira foram condenados, na semana passada, a penas de prisão entre os 21 e os 23 anos. O tribunal considerou que Bruno ‘Pidá, Fernando ‘Beckham’, Mauro Santos e Ângelo ‘Tiné’ foram os autores do assassínio de Ilídio Correia, do gang de Miragaia. Os dois grupos rivais iniciaram uma espiral de violência em 2007, que começou com pancada e acabou aos tiros. Nesta onda de violência, morreram quatro homens ligados aos dois grupos, que disputavam negócios na diversão nocturna no Porto. Com a prisão do gang da Ribeira, a calma reinou por alguns meses. Os irmãos Correia também abrandaram os ânimos.

NOTAS

VOGUE: EX-POLÍCIA AGREDIDO

Miguel, o ex-polícia conhecido pela alcunha de ‘Van Damme’, foi brutalmente agredido à porta da discoteca Vogue, no Porto. Paulo Lemos, testemunha de Pinto da Costa, estava presente

AURÉLIO: ACUSAÇÃO PARA BREVE 

A morte de Aurélio Palha ainda não tem acusação. Deverá sair em Fevereiro e, mais uma vez, atingirá Bruno ‘Pidá’ e Mauro. Ambos estão indiciados pela morte do dono do Chic

BERTO. MORTE POR ESCLARECER

O homicídio de ‘Berto Maluco’ continua por esclarecer. A equipa de Helena Fazenda não tem pistas para explicar a morte violenta do amigo de Aurélio Palha

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)