Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
3

Choque faz três órfãos

Jovem de 23 anos morre em acidente de carro centenas de metros após ter saído de um bar. Selma Colaço deixa dois rapazes, de três e quatro anos, e uma menina, de apenas sete meses.
3 de Novembro de 2010 às 00:30
Selma Colaço tinha acabado de sair com um amigo de um bar quando se despistaram contra uns eucaliptos em Abuxanas
Selma Colaço tinha acabado de sair com um amigo de um bar quando se despistaram contra uns eucaliptos em Abuxanas FOTO: Carlos Barroso

A noite era de festa. Selma Colaço, 23 anos, foi com amigas a uma Noite das Bruxas num bar. Para regressar a casa, apanhou boleia de um amigo. A poucas centenas de metros, o carro despistou-se contra três eucaliptos, em Rio Maior, e a jovem acabou por morrer, deixando órfãos dois rapazes, de três e quatro anos, e uma menina, de sete meses.

A jovem e o amigo saíram do bar em Casais da Serra, nas Caldas da Rainha, na madrugada de segunda-feira. Numa curva apertada, em Abuxanas, na EM508, que liga Casais da Serra a Rio Maior, o carro despistou-se e embateu nos eucaliptos. O impacto projectou-a contra o pára-brisas. "A violência do embate foi tal que um dos eucaliptos ficou derrubado e o carro fez ricochete e foi parar de novo ao alcatrão", disse uma fonte dos Bombeiros de Rio Maior. Apesar de considerada como ferido ligeiro, acabaria por falecer no Hospital das Caldas da Rainha, alegadamente em resultado de problemas cardíacos.

O alerta foi dado às 04h20. Quando os bombeiros chegaram, a jovem e o condutor, Nuno Ferreira, 31 anos, casado, residente em Rio Maior, aparentavam apenas ferimentos ligeiros e foram transportados para o Hospital das Caldas da Rainha. O condutor foi transferido para Santarém, onde se encontrava ontem em recuperação. Selma Colaço, natural das Caldas da Rainha, era casada e empregada num restaurante em Rio Maior. Foi um dos quatro mortos registados na operação ‘Todos os-Santos’ da GNR.

QUATRO VÍTIMAS EM SANTARÉM E NA GUARDA

A GNR registou 1452 acidentes, de que resultaram quatro mortos (um dos quais a jovem Selma Colaço, em Rio Maior), 24 feridos graves e 424 feridos ligeiros, durante a operação ‘Todos-os-Santos’, que começou na sexta-feira e terminou à meia-noite de segunda-feira. No último dia do fim-de-semana prolongado, a GNR registou 174 acidentes, que provocaram dois mortos, três feridos graves e 64 feridos ligeiros. Entre sexta-feira e domingo, tinham sido contabilizados dois mortos em 1278 acidentes, que provocaram ainda 21 feridos graves e 360 feridos ligeiros. O distrito de Aveiro foi o que registou mais acidentes (30), na segunda-feira, seguido dos distritos do Porto (24) e de Santarém (18), com as duas vítimas mortais nos distritos da Guarda e de Santarém. No terreno estiveram 1800 militares.

MORRE A CAMINHO DE ESPANHA

Um jovem de 20 anos residente em Rans, Penafiel, foi a única vítima mortal do choque de ontem de madrugada, no IP4, em Vila Real. Luís Pinto Moreira, que trabalhava há um mês, conduzia a Mitsubishi em que seguiam outros dois operários. O grupo ia para Espanha e foi abalroado por uma carrinha com uma mulher e duas crianças. Mãe e crianças ficaram feridas.

Tiago Martins, 22 anos, e Francisco Barros, 40 anos, ficaram feridos, mas tiveram alta ontem. "Saíram de Rans às 02h00 após um de fim-de-semana com a família ", contou ao CM um familiar da vítima mortal.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)