Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
6

“Falta carácter e competência”

Ex-líder da SAD acusa presidente de não ter dado a Bento as condições que dá a Carvalhal.
31 de Dezembro de 2009 às 00:30
“Falta carácter e competência”
“Falta carácter e competência” FOTO: Miguel Barreira/Record

Luís Duque está insatisfeito com a gestão de José Eduardo Bettencourt no futebol do Sporting e, em declarações ao CM, não poupou o presidente leonino. "A ida ao mercado nesta altura por parte da mesma pessoa que planeou a época [José Bettencourt] revela uma falência grande de quem programou a temporada. Questiono a competência das pessoas que estão a fazer o investimento. Isso é que me está a preocupar", disse.

'Quem já falhou uma vez não me dá garantias de não falhar uma segunda, mas desta vez os danos financeiros podem ser bem mais graves. A meu ver, o problema do Sporting é uma questão de incompetência de quem dirige, que passa a ser de falta de carácter e está na fronteira da falta de vergonha, pelas sucessivas alterações de estratégia e de discurso, entre o que foi dito no início da época e o que se está a fazer agora', acrescentou o homem forte do futebol leonino quando o clube foi campeão em 1999/2000.

Duque falou também da falta de uniformidade de tratamento de Bettencourt com os dois técnicos desta época. 'Acho estranho que agora se dê tanto a Carvalhal e se tivesse dado tão pouco a Paulo Bento, que tem mais provas dadas como treinador', observou, voltando à carga sobre o protagonismo de Bettencourt nas contratações. 'Uma coisa seria ter Carlos Freitas a mandar nas contratações, outra o dr. Bettencourt. Da maneira que as coisas estão a ser feitas, temo que esta seja mais uma oportunidade perdida e desta vez com graves danos causados ao clube.'

Segundo o actual vereador da Câmara de Sintra, o mercado de Janeiro só deveria ser utilizado para 'retocar e não para uma revolução'. 'Quando fui ao mercado em 1999, foi porque o Saber e o Ayew iam para a CAN e o Quiroga estava lesionado e precisei de ir buscar três jogadores. E fomos campeões', lembrou.

Sobre a origem do dinheiro para reforços, afirmou: 'Bettencourt deve dar explicações internamente aos accionistas sobre isso, eventualmente em assembleia geral.'

O CM tentou contactar o presidente do Sporting, mas José Eduardo Bettencourt não atendeu o seu telemóvel.

DIAS DA CUNHA APROVA BETTENCOURT

'José Eduardo Bettencourt é a pessoa mais indicada para presidente do Sporting. Se está a reforçar a equipa é porque resolveu os problemas financeiros do clube, que foi deixado em situação difícil pelo anterior presidente [Filipe Soares Franco]', disse ontem Dias da Cunha ao CM.

O antigo líder leonino adiantou ainda não estar preocupado com eventuais antecipações de receitas – 'a gestão de qualquer empresa que esteja no mercado com dimensão mínima faz-se a anos vistos', frisou – e considerou que Bettencourt não está a colocar o futuro do Sporting em risco: 'Os sócios devem estar gratos por terem à frente do clube alguém que sabe o que está a fazer. Só lamento a saída de Paulo Bento'.

APONTAMENTOS

ISABEL TRIGO DE MIRA

Isabel Trigo de Mira disse ontem ao CM que a Sporting SAD devia agendar uma assembleia geral (AG) para esclarecer os accionistas e os sócios sobre a origem do dinheiro que está a ser investido em reforços. A antiga dirigente leonina frisou, no entanto, que não exige a convocação uma AG extraordinária.

CAICEDO E O MÁLAGA

Caicedo está perto de assinar pelo Málaga, noticiou ontem o jornal ‘El Málaga’. Já o internacional Edinho, ponta-de- -lança do clube andaluz, admitiu que foi sondado pelo Sporting e que conhece bem Carlos Carvalhal. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)