Falta de visto travava comboios em quatro dias

CP alerta Tribunal de Contas para impacto do chumbo de sete contratos de manutenção.
Por Raquel Oliveira|17.04.18
  • partilhe
  • 16
  • 0
Notícia exclusiva para assinantes. Para ler faça Login ou AssineSaiba mais aqui.
A CP alertou o Tribunal de Contas para a consequência da recusa do visto aos contratos com a Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF). Caso não fossem libertados os 4,5 milhões de euros, os alfa pendulares deixariam de poder circular ao fim de quatro dias, os urbanos da área de Lisboa e de Setúbal ...
Exclusivos CMEste artigo é exclusivo para Assinantes Correio da Manhã
Se já é Assinante, faça o seu loginouClique para ler TODOS OS EXCLUSIVOS CM de hoje.
Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica (0.60€ + IVA). Se já tem código, insira-o.
Assine agora o Correio da Manhã Digital
  • Assine Acesso integral ao Correio da Manhã ePaper (tal como é impresso em papel, veja exemplo)
  • AssineAcesso ilimitado a todo o site do Correio da Manhã.
  • AssineTodos os exclusivos, opinião e análise da edição em papel.
Saiba mais

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!