Governo corta 50% no gasóleo da PSP

Polícia terá 2,4 milhões de euros para atestar carros em 2016. Governo nega menos operacionalidade e aponta mais 10,3 milhões para a compra de carros e equipamentos.
Por Miguel Curado|26.02.16
  • partilhe
  • 0
  • 39
Notícia exclusiva para assinantes. Para ler faça Login ou AssineSaiba mais aqui.
Governo corta 50% no gasóleo da PSP
No ano passado o Orçamento do Estado atribuiu à PSP 4,9 milhões de euros para a compra de combustível, verba que este ano vai descer para 2,4 milhões Foto Sérgio Lemos
A PSP vai ter um corte de cerca de 50% na verba que recebe do Estado para gastar em combustível (gasolina e gasóleo). No Orçamento do Estado para 2016 está prevista uma verba de 2,4 milhões de euros para atestar os carros-patrulha, o que representa uma quebra de mais de 50% face aos 4,9 milhões do ano passado. A confirmação ...
Exclusivos CMEste artigo é exclusivo para Assinantes Correio da Manhã
Se já é Assinante, faça o seu loginouAssine 1 mês por 1€.
Para ler TODOS OS EXCLUSIVOS CM de hoje por 0.60€ + IVA
Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica
ou
UTILIZE O 
Assine agora o Correio da Manhã Digital
  • Assine Acesso integral ao Correio da Manhã ePaper (tal como é impresso em papel, veja exemplo)
  • AssineAcesso ilimitado a todo o site do Correio da Manhã.
  • AssineTodos os exclusivos, opinião e análise da edição em papel.
Saiba mais

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De democraciapodre26.02.16
    Afinal a crise continua!!!.. Só para os subvencionistas a vida corre como se nada acontecesse!!!... Roubam aos pobres e assobiam para o ar, juntando 3 e 4 fontes de rendimento!!!...<br/>E nós a termos que aturar este parasitismo!!!...
3 Comentários
  • De j30124626.02.16
    Todos membros do Governo, Secretários, Assessores, Deputados e outros deviam era andarem de transportes Públicos ou de bicicleta, que fazia bem á saúde.Como também os mais de duzentos Generais e os ex-presidentes da república etc...
    E assim não se cortava á PSP e á GNR, porque é preciso os portugueses terem segurança, pois assim é AUSTERIDADE...
    Devem reduzir os Deputados para 180...
    Devem pagar as vossas refeições ao preço normal e não a €3 porque o resto paga o povo...
    É NO MINIMO VERGONHOSO!
    Responder
     
     2
    !
  • De democraciapodre26.02.16
    Afinal a crise continua!!!.. Só para os subvencionistas a vida corre como se nada acontecesse!!!... Roubam aos pobres e assobiam para o ar, juntando 3 e 4 fontes de rendimento!!!...
    E nós a termos que aturar este parasitismo!!!...
    Responder
     
     4
    !
  • De V.Pereira26.02.16
    O governo pode afectar à compra de gasóleo o produto da venda de armas que os civis entregam a título gratuito à P.S.P. por os governos terem criado as condições que obstam à posse dessas armas.É só ver quantas armas foram entregues até 2005 e depois.Pode fazer o mesmo com as receitas dos livretes novos que as pessoas estão obrigadas a comprar,o que equivale a fazer um novo registo das armas.Na época transacta registaram-se menos 6 000 licenças de caça.
    Responder
     
     1
    !