Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
4
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Idosas passam 12 noites com cadáver no quarto em lar

Ana Paula Alves, dona de lar ilegal onde morreram três utentes, responde por cinco crimes.
Isabel Jordão 17 de Janeiro de 2022 às 01:30
Conteúdo exclusivo para Assinantes Assine já Se já é assinante faça LOGIN
Exclusivos
Cadáveres de duas utentes do lar ilegal foram removidos pelos bombeiros
Cadáveres de duas utentes do lar ilegal foram removidos pelos bombeiros
Cadáveres de duas utentes do lar ilegal foram removidos pelos bombeiros
A proprietária de um lar ilegal em Riachos, Torres Novas, onde três idosos morreram no espaço de três meses, vai ser julgada por quatro crimes de maus-tratos, dois deles agravados pelo resultado morte, e por um crime de profanação de cadáver. O médico que passou uma certidão de óbito sem ver a vítima também vai ser julgado, pelos crimes de atestado falso e recebimento indevido de vantagem.





Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso à edição digital e a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site 1€ (IVA incluído)
UTILIZE O
Ministério Público Torres Novas Riachos Manuela Alves Ana Paula Alves Bairro Sopovo questões sociais morte
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas