IPSS cobra 25 mil euros para admitir idosos no lar

Secretário de centro social ignorou protocolo com Segurança Social e exigia dinheiro a famílias para que utentes tivessem entrada imediata.
Por Nelson Rodrigues|17.04.18
Notícia exclusiva para assinantes. Para ler faça Login ou AssineSaiba mais aqui.
Por cada idoso que quisesse dar entrada no Centro Social de Bem-Estar de São Pedro de Rates, na Póvoa de Varzim, o secretário do conselho de administração da IPSS cobrava 25 mil euros. E só com a entrega deste valor, ou de uma quantia aproximada, os utentes poderiam ser admitidos. Com este esquema, que vigorou entre ...
Exclusivos CMEste artigo é exclusivo para Assinantes Correio da Manhã
Se já é Assinante, faça o seu loginouAssine 1 mês por 1€.
Para ler TODOS OS EXCLUSIVOS CM de hoje por 0.60€ + IVA
Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica
ou
UTILIZE O 
Assine agora o Correio da Manhã Digital
  • Assine Acesso integral ao Correio da Manhã ePaper (tal como é impresso em papel, veja exemplo)
  • AssineAcesso ilimitado a todo o site do Correio da Manhã.
  • AssineTodos os exclusivos, opinião e análise da edição em papel.
Saiba mais
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!