Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
8

“Não é justo partires na flor da idade”

Amigos de militares usam a internet para deixar mensagens de dor e consternação
15 de Julho de 2010 às 00:30
Os praças Filipe Mouro e Vanessa Prezado iam no jipe que se despistou na A23. Vão ser sepultados hoje em Santa Eulália (Elvas) e Alvega (Abrantes)
Os praças Filipe Mouro e Vanessa Prezado iam no jipe que se despistou na A23. Vão ser sepultados hoje em Santa Eulália (Elvas) e Alvega (Abrantes) FOTO: Paulo Cunha/Lusa

'Não é justo teres partido assim na flor da idade, pois tinhas muito para viver', lamenta Marco, uma das pessoas que se valeram do Hi5 para se despedir de Vanessa Prezado, de 21 anos, uma das vítimas mortais do despiste do jipe militar ocorrido anteontem, na A23. O acidente provocou ainda a morte ao condutor, Filipe Mouro, 22 anos, e dois feridos – um corre risco de vida.

A jovem, natural de Tubaral, Abrantes, desde cedo que ambicionou seguir a carreira militar. O 'sonho' foi interrompido de forma trágica, a caminho de uma zona de treino onde ia fazer um reconhecimento com os três camaradas. Os corpos dos militares mortos foram entregues às famílias ontem à tarde.

O cadáver de Vanessa chegou a Alvega, Abrantes, num ambiente de grande dor. Estará em câmara-ardente na capela mortuária até à realização do funeral, hoje, às 12h00. O corpo de Filipe Mouro seguiu para Santa Eulália, Elvas (ver caixa).

Os feridos estão internados no Hospital de Santa Maria, Lisboa. Sérgio Maquinista registou 'uma evolução positiva', mas continua em 'estado crítico'. Luís Ferreira, que sofreu ferimentos menos graves, fez exames e vai ser operado à face, segundo informações do Exército.

As causas do acidente estão a ser investigadas pelo Núcleo de Investigação de Acidentes de Viação da GNR de Santarém. Todas as hipóteses estão em aberto, mas há um dado já adquirido: 'O troço onde se deu o despiste é um dos pontos mais críticos da A23 em termos de sinistralidade', assegurou ao CM um elemento da GNR.

AMIGOS FORCADOS CHORAM A MORTE DE FILIPE 'TITI'

O Grupo de Forcados Amadores de Santa Eulália publicou ontem na internet uma mensagem de pesar pela morte de Filipe Mouro, conhecido na família tauromáquica por ‘Titi’. No blogue, o grupo diz que 'não existem palavras para descrever o sentimento'. 'Filipe, vamos sempre recordar-te como o grande homem que eras e a maneira de como tinhas sempre uma mão para ajudar ou um sorriso para confortar em todos os momentos', acrescentam os companheiros do grupo de forcados. O corpo do militar sinistrado na A23 chegou ontem àquela localidade do concelho de Elvas. O funeral realiza-se hoje às 10h00.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)