Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
5

O terceiro amigo de Murat

A chave do crime pode estar na Romigen e a Polícia Judiciária investiga Genaro Gonzalez, estrangeiro que dá nome à imobiliária on-line com Robert Murat e Michaela Walczuch. O suspeito inglês é para já o único arguido, a alemã foi interrogada e na investigação ao rapto da pequena Madeleine “quaisquer ligações profissionais” a Murat estão a ser passadas a pente fino, adianta ao CM fonte da PJ.
21 de Maio de 2007 às 13:00
O empresário, com cerca de 50 anos, “fala fluentemente italiano”, é moreno e de estatura média, descreve ao CM quem o vê parar para almoçar “algumas vezes” em Aljezur, na Costa Vicentina, onde gere um negócio imobiliário. Genaro medeia a venda de casas, apartamentos e moradias, além da sociedade com Robert e Michaela, sediada em casa desta e agora investigada pela PJ.
Genaro Gonzalez falou ontem ao CM desde Huelva, Espanha, e começou por dizer que não tinha “a certeza de pertencer a essa promotora”. Está “num grupo com muitos negócios” mas garante não conhecer Michaela e Robert. A Romigen foi criada em Abril do ano passado e oferece, através do site, os seus serviços de forma original – “100% livre de comissões”. Será esta “uma forma simples de publicitar imóveis aos potenciais compradores” e de contribuir “para uma negociação directa”.
Genaro Gonzalez não será nesta fase suspeito de qualquer ligação ao crime, mas “todas as ligações a Robert Murat estão a ser tidas em conta”, apurou o CM. E os inspectores da PJ insistem na relação deste trio de sócios com Sergey Malinka, o russo que terá desenhado a página na internet da empresa imobiliária.
Malinka garante ao CM que a relação com Robert Murat é “apenas profissional”, mas o site da Romigen está activo desde 6 de Abril do ano passado, depois de o russo o ter criado. E na noite do rapto, a 3 de Maio, quase um ano e um mês depois, foi apanhado a ligar primeiro para a vivenda e depois para a mãe do suspeito inglês e único arguido no caso do rapto da pequena Maddie McCann.
Murat disse à PJ não se lembrar de pelo menos um telefonema, o que ainda fez levantar mais as suspeitas aos inspectores, que na última quarta-feira o interrogaram durante mais de quatro horas. Também Robert Murat ficou comprometido pelo seu comportamento a seguir ao crime, depois de a PJ o ter apanhado a tentar fabricar o álibi com amigos. A versão final do inglês é de que passou a noite do rapto com a mãe, situação que esta confirmou.
Depois de ter sido noticiado que Murat foi visto por testemunhas junto ao aldeamento Ocean Club, pouco antes de Maddie ser levada, o amigo e seu porta-voz Tuck Price garantiu ontem ao CM que “isso não é verdade. A PJ mostrou às pessoas inquiridas fotografias dele mas ninguém viu o Robert na noite do crime”.
QUEM SÃO
SERGEY MALINKA
Russo residente na Luz que desenhou a página na internet onde assenta o negócio.
MICHAELA WALCZUCH
Sócia e titular do número de telefone fixo para contacto do negócio, o da sua casa em Lagos.
GENARO GONZALEZ
PJ suspeita que ele é sócio de Murat na Romigen.
IMOBILIÁRIA
Promotora de imobiliária on-line criada em 2006. Anuncia não cobrar comissões. O nome combina ‘Ro’ de Robert com ‘mi’ de Michaela e ‘gen’ que será o nome do terceiro sócio, Genaro Acosta Gonzalez.
MULHER DIZ QUE A VIU NO ALENTEJO
Uma mulher de Redondo, distrito de Évora, afirma ter visto uma criança muito parecida com Madeleine McCann dentro de um Mercedes preto (a matrícula terminaria em ‘AA’), acompanhada por três adultos “de comportamento suspeito”. O episódio aconteceu na tarde de ontem, por volta das 17h15. A PJ foi informada de imediato. Contactadas pelo ‘CM’, a GNR (inclusive a BT) não foi até às 20h00 de ontem informada da circulação desta viatura na região do Alentejo.
PAI DE MADDIE VIAJA PARA INGLATERRA
O casal McCann está separado pela primeira vez desde o desaparecimento, há 18 dias, da filha Madeleine. Gerry viajou ontem para Inglaterra a fim de tratar de assuntos particulares e outros ligados ao fundo constituído para manter vivas as mensagens e as buscas pela menina desaparecida.
Gerry McCann deixou o Ocean Club, na aldeia da Luz, ao final da tarde de ontem.
Tinha voo de Faro às 22h10, para o aeroporto britânico East Middland. De acordo com a assessora de comunicação posta à disposição dos McCann no Algarve pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Gerry estará de regresso ao Ocean Club “terça-feira de manhã”. Sherry Dodd afirma desconhecer o itinerário exacto da estada do pai de Madeleine em Inglaterra, mas disse ao CM que Gerry “vai tratar de alguns assuntos particulares e aproveita para ter uma reunião com os organizadores do fundo por Madeleine”. No regresso deverá falar à imprensa.
MULHER DIZ QUE A VIU NO ALENTEJO
Uma mulher de Redondo, distrito de Évora, afirma ter visto uma criança muito parecida com Madeleine McCann dentro de um Mercedes preto (a matrícula terminaria em ‘AA’), acompanhada por três adultos “de comportamento suspeito”. O episódio aconteceu na tarde de ontem, por volta das 17h15. A PJ foi informada de imediato. Contactadas pelo ‘CM’, a GNR (inclusive a BT) não foi até às 20h00 de ontem informada da circulação desta viatura na região do Alentejo.
O CASO VISTO EM INGLATERRA
Mais de 80 milhões já consultaram o endereço da internet criado pela família para encontrar Maddie. Na onda de solidariedade a Microsoft contactou, entretanto, a família para tornar mais eficiente o endereço (www.findmadeleine.com). A imprensa inglesa destaca também a oração realizada amanhã pelas 22h00 nas paróquias portuguesas.
'SKY NEWS'
O dia-a-dia da família de Maddie no Algarve obteve amplo destaque no canal de televisão britânico. “Família enfrenta o rapto”, titula as notícias em que surgem imagens dos pais da menina raptada, Gerry e Kate McCann, a conviverem com os filhos gémeos de dois anos, Sean e Amelie.
'EVENING NEWS'
“Maddie de dia para dia suscita mais interesse com a circulação de imagens”, noticia o jornal que divulga a intenção dos pais da menina de deixarem o Algarve para se deslocarem pela Europa em iniciativas que visam recolher mais apoios para encontrarem a filha.
'SCOTLAND ON'
Pela primeira vez um membro da família real britânica, o príncipe André, exprime o seu apoio à família de Maddie. André afirmou ontem na abertura da assembleia geral da Igreja da Escócia “o dever de todos nós de partilharmos a dor desta família que precisa de apoio”.
'BBC NEWS'
A televisão noticia o empenho de várias empresas nas buscas. A empresa de camionagem Eurolines divulgou que vai colocar imagens de Maddie nas camionetas que circulam por 27 países. O mesmo acontecerá nas bombas de gasolina da BP, Shell, Esso, Texaco e Total.
DESAPARECIDA HÁ 18 DIAS
MISSA DE MANHÃ CEDO NA LUZ
Kate e Gerry McCann saíram ontem cedo de casa e às 09h00 assistiram à primeira missa do dia, na Igreja da Praia da Luz.
MURAT CONTINUA FECHADO EM CASA
Robert Murat continua a passar os dias fechado em casa, na Vivenda Liliana, com a mãe e o amigo Tuck Price.
PISTAS NA GRÉCIA E EM MARROCOS
Um casal norueguês acredita ter visto Maddie em Marraquexe, Marrocos, e uma turista suíça pensa ter visto a criança na Grécia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)