Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
8

Padre e Fátima usam aliança

Um mês após ter abandonado as suas paróquias de Celorico de Basto para fugir com Fátima Silva, de 18 anos, o padre Rui Pereira, de 26, e a jovem já usam alianças de comprometidos. As alianças são visíveis nas imagens de uma entrevista dada pelo casal à RTP, que é emitida amanhã. Longe dos olhares de repreensão, Rui e Fátima deram largas ao amor que os une e, através do uso das alianças (ele na mão direita, ela na esquerda), assumem ter um compromisso sério.
15 de Dezembro de 2009 às 00:30
Rui e Fátima, felizes e cúmplices, no local onde foram entrevistados há poucos dias
Rui e Fátima, felizes e cúmplices, no local onde foram entrevistados há poucos dias FOTO: Imagens RTP

'Se continuasse a ser sacerdote e tivesse uma relação com a Fátima, de forma alguma me poderia sentir bem porque iria estar a trair a Igreja', disse o padre à estação televisiva, numa entrevista que ele próprio pediu e que a RTP anuncia ter sido gravada no estrangeiro. O ex-pároco de Carvalho, Borba e Santa Tecla, aproveita ainda para pedir desculpa ao povo 'pela forma como as coisas aconteceram' e pede que o deixem seguir 'em paz' o caminho que escolheu.

'Depois de tudo o que se disse e escreveu sobre o assunto, ele quis dar uma explicação de viva voz às pessoas, quer às das paróquias que cuidava, quer às da sua terra natal, e espera que, a partir de agora, o deixem amar e seguir a sua vida em paz', disse ao CM João Rocha, amigo de Rui Pereira e uma das poucas pessoas que tem mantido contacto com o casal, embora assegure não saber onde ambos estão ‘escondidos’.

João Rocha assegura que 'ele não virá passar o Natal com a família', em Caniçada, Vieira do Minho, como tinha anunciado. 'Isso é garantido. Ele pretende tranquilidade e já comunicou aos pais que não virá passar o Natal com eles', esclareceu João Rocha. fonte familiar do pároco disse ao CM que o sacerdote entende que ainda é muito cedo para apresentar Fátima aos pais: 'Isto não é fácil e ele não quer estragar o Natal aos pais e às irmãs.'

Em Carvalho, a população aguarda com expectativa as explicações do padre. 'Acho que ele fazia bem em pedir desculpa ao povo pela maneira como nos deixou', disse um morador.

PÁGINAS DO HI5 FORAM APAGADAS

Após o CM ter publicado parte do conteúdo do hi5 (página pessoal na internet) de Fátima e Rui, o casal apagou-as.

No hi5, o casal de namorados tinha várias declarações de amor, trocadas entre ambos durante largos meses. Apesar de na altura Rui ainda ser padre, os dois não se coibiram em demonstrar como estavam apaixonados. No entanto, após assumir a relação e as declarações de amor terem vindo a público, o casal decidiu apagar todos os vestígios do início do namoro.

PORMENORES

NATAL MAIS ILUMINADO

Na freguesia de Carvalho, as iluminações de Natal são as melhores de sempre. O povo diz que se trata de uma coincidência, já que as iluminações são da responsabilidade da Junta de Freguesia.

CAFÉ ESPERA ENCHENTE

O dono do café Bons Costumes, em Carvalho, espera uma autêntica enchente, amanhã à noite, para assistir às explicações do padre Rui. 'Vai ser como um Benfica-Porto', disse ao CM o comerciante Manuel Teixeira.

RESIDÊNCIA FECHADA

A residência paroquial de Carvalho, onde morava o padre Rui, está fechada desde a sua saída. fonte da Fábrica da Igreja explicou que só foi aberta uma vez, para a família retirar os seus pertences.

ARQUIDIOCESE DE BRAGA PREFERE NÃO COMENTAR

Quase um mês após a fuga de Rui Pereira com a jovem Maria de Fátima, a arquidiocese de Braga continua a não tecer qualquer comentário sobre o caso. D. Jorge Ortiga, o arcebispo-primaz, diz que tudo o que possa dizer-se 'só fará aumentar a dor dos que sofrem com tudo isto', pelo que, entende o prelado, o melhor é o silêncio. Mas não é o facto de não haver comentários oficiais que faz com que o assunto não seja tema assíduo de debate entre os sacerdotes.

'Não foi apenas um padre que abandonou o sacerdócio. Isso, infelizmente, acontece com alguma frequência. O que aqui se passou foi um padre que fugiu com uma paroquiana, como se estivesse a cometer um crime. Isso é que tem de nos fazer pensar', disse ao CM um sacerdote da arquidiocese, que prefere manter o anonimato. No entanto, embora sublinhem que a forma como o padre Rui abandonou as paróquias deveria ter sido 'evitada', os padres são unânimes em considerar que 'ninguém pode julgar e muito menos condenar a sua atitude', numa alusão à passagem do Evangelho em que Cristo diz que 'quem não tiver pecado que atire a primeira pedra'.

RUI SERÁ PADRE POR MUITOS ANOS

Embora já não seja pároco e, na prática, não exerça o sacerdócio, Rui Pereira só deixará oficialmente de ser padre lá para 2020 ou 2025.

É que a dispensa sacerdotal tem de ser autorizada pelo Papa e o processo é extremamente moroso. Começa por um pedido formal do próprio e inclui uma investigação que vai aos primeiros tempos de seminário.

MISSAS: PADRE À VEZ

Apesar de ter sido nomeado um administrador paroquial para Borba e Carvalho, as Missas são celebradas por vários padres

FESTAS: TUDO IGUAL

As festas previstas para o Verão, em Borba e Carvalho, vão todas realizar-se. As comissões continuam em funções

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)