Segurança Social: Beneficiários queixam-se de atrasos nos pagamentos

Milhares de beneficiários não conseguem ter acesso aos esclarecimentos da linha telefónica
18.02.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Segurança Social: Beneficiários queixam-se de atrasos nos pagamentos
Foto Pedro Catarino

A linha telefónica de atendimento da Segurança Social tem estado indisponível, numa semana marcada por queixas de atrasos nos pagamentos de prestações sociais, denunciaram ao CM vários beneficiários. O Ministério do Trabalho afirma não ter dia fixo para o pagamento das prestações, que em Fevereiro "decorrem sem qualquer atraso em relação ao planeamento inicialmente definido".

"Neste momento não é possível atender a sua chamada, por favor ligue mais tarde", diz a voz gravada que atende o número 808 266 266, a linha de informações da Segurança Social. O mesmo serviço, que não presta qualquer esclarecimento, sugere mesmo horas para um atendimento mais rápido: entre as 08h00 e as 10h00 e das 17h00 às 20h00, apesar do seu horário de funcionamento alargado entre as 08h00 e as 20h00.

"Costumo receber ao dia 14 e o dinheiro não está na conta", garante ao Correio da Manhã António P., de 57 anos, lamentando as contas por pagar e os atrasos, que só deverão terminar no próximo dia 21. "Foi quando ficaram de pagar", garante.

Também um pensionista português radicado em Espanha alertou o CM para o facto de ainda não lhe ter sido paga a pensão. "Recebo sempre dia 4 de cada mês, mas até agora nada", garante Ricardo Valentim, confirmando que lhe disseram, a telefonista do número especial de atendimento para quem reside no estrangeiro, haver registo de atrasos nos pagamentos.

Também uma beneficiária de licença de maternidade se queixou ao CM de não ter ainda recebido a prestação de Janeiro.

"Não existem dias fixos para o pagamento das prestações sociais, variando em função das datas em que ocorrem os fins--de-semana", disse fonte oficial do Ministério do Trabalho.

Segundo a mesma fonte, "os pagamentos de Fevereiro decorrem sem qualquer atraso em relação ao planeamento inicialmente definido", desconhecendo "eventuais atrasos na distribuição e entrega de vales postais ou carta-cheque".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!