Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
8

Tratar gripe A custa 64 mil €

Inspecção-Geral das Actividades em Saúde está a investigar o caso. Ministério rejeita ajuda.
24 de Junho de 2010 às 00:30
Rui Baptista esteve em coma, durante 22 dias, devido a uma pneumonia causada pelo vírus da gripe A
Rui Baptista esteve em coma, durante 22 dias, devido a uma pneumonia causada pelo vírus da gripe A FOTO: Manuel Moreira

Uma família da Amadora pediu ajuda ao Ministério da Saúde para pagar 64 mil euros de uma conta do Hospital dos SAMS – Serviços de Assistência Médico-Social. A conta diz respeito aos tratamentos do filho, que teve uma pneumonia causada pela gripe A que o levou a um coma de 22 dias, em Novembro.

A família recorreu ao subsistema de saúde dos bancários por falta de 'assistência adequada' nos centros de saúde, centros de atendimento à gripe e hospitais. A Inspecção-Geral das Actividades em Saúde está a investigar o caso. O Bloco de Esquerda pediu explicações ao Ministério da Saúde, que rejeita responsabilidades, negando o pagamento.

Rui Baptista, 28 anos, lembra ao CM as más horas: 'Fiquei com febre e fui às Urgências. Receitavam medicamentos e mandavam-me para casa'.

Helena Cargaleiro, do Agrupamento dos Centros de Saúde, diz que o 'atendimento foi adequado com o quadro de gripe que o utente apresentava. Não ponho em causa o diagnóstico nem a terapêutica. Segundo os registos clínicos, não era caso para internar'. Fonte da tutela disse que 'os doentes têm o direito de optar pelo privado, suportando os custos'.

Ver comentários