Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
2

Vandalizam campas de quatro famílias

Algumas das pessoas afirmam já ter sido ameaçadas por telefone e alvo de bruxaria.
2 de Fevereiro de 2011 às 00:30
Objectos que as pessoas identificam com rituais satânicos e bruxaria foram deixados à porta das casas
Objectos que as pessoas identificam com rituais satânicos e bruxaria foram deixados à porta das casas FOTO: direitos reservados

Quatro famílias de Foros de Salvaterra, em Salvaterra de Magos, têm recebido ameaças anónimas, referindo actos de bruxaria e rituais satânicos. Primeiro foram deixados objectos de culto à porta das suas casas e agora começaram a aparecer outros objectos nas campas da aldeia, provocando prejuízos que ascendem aos três mil euros.

"Andamos bastante assustados, porque não sabemos no que é que isto se pode transformar", disse uma das vítimas, que recebeu ameaças de morte por telefone, mensagens, bilhetes manuscritos e "preparos estranhos", deixados à sua porta, com velas acesas, incenso e cigarros queimados e fígados de porco.

Segundo outra queixosa, as ameaças duram há nove meses. À sua porta foram desenhados símbolos satânicos da morte. "Até um banquete embrulhado numa toalha de Natal já me deixaram, com sete objectos", refere. Há duas semanas, os rituais de bruxaria começaram dentro do cemitério, provocando estragos nas campas de familiares das quatro famílias.

Os autores deixaram fígado pendurado em duas sepulturas, roubaram e partiram pedras e livros fúnebres de homenagem aos defuntos, tiraram jarrões de quatro covas e destruíram as flores. As famílias viram-se obrigadas a retirar todas as lajes que pudessem ser roubadas ou vandalizadas. Estes episódios estão a ser investigados pela GNR e já foram comunicados à Junta de Foros de Salvaterra.

A presidente da autarquia, Rosa Nunes, lamenta "os actos cometidos no cemitério, que já não mexem apenas com as pessoas envolvidas, mas com a população, que se sente desrespeitada onde é suposto haver o máximo de respeito por quem já partiu". O cemitério de Foros de Salvaterra tem um coveiro em permanência, que abre o espaço de manhã e fecha o portão ao final da tarde. Há suspeitas de que os actos possam ter sido cometidos durante a noite.

 

salvaterra de magos bruxaria cemitério rituais satânicos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)