Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
7

Vieira chama ingratos aos órgãos sociais

Foi tudo menos pacífica a reunião de segunda-feira que levou à queda dos órgãos sociais do Benfica, obrigando à antecipação do acto eleitoral, datado agora para 3 de Julho próximo. Justificando-se com a “instabilidade” que existe em torno do clube, Luís Filipe Vieira convenceu os membros dos órgãos sociais a apresentarem a demissão em bloco, situação que agitou o ambiente nos corredores do Estádio da Luz.
10 de Junho de 2009 às 02:00
Vieira não gostou de ver as suas posições criticadas e disparou: “Se não fosse eu nenhum de vós estava aqui.”
Vieira não gostou de ver as suas posições criticadas e disparou: “Se não fosse eu nenhum de vós estava aqui.” FOTO: João Miguel Rodrigues

'Vocês são uns ingratos. Se não fosse eu nenhum de vós estava aqui.' Estas e outras frases foram proferidas pelo líder da SAD durante as cerca de duas horas de reunião, quando confrontado com a recusa (inicial) de dois dos membros da direcção. Rui Barreira, vice-presidente do Conselho Fiscal, e Bernardo Sousa, 2º secretário da Assembleia Geral, foram os mais críticos e não se coibiram de apresentar os respectivos argumentos, obrigando Vieira a levantar o tom da voz.

Ao que o Correio da Manhã apurou, também Valter Marques, presidente do Conselho Fiscal, voltou a manifestar-se contra a antecipação do sufrágio, inicialmente agendado para Outubro, como já havia acontecido na passada semana num encontro ocorrido numa unidade hoteleira de Lisboa.

E foi pela voz do antigo líder dos encarnados e actual presidente da Assembleia Geral que surgiu a confirmação de que os benfiquistas irão a votos no próximo dia 3 de Julho (sexta-feira), numa manobra que apanhou parte da oposição desprevenida, em particular o movimento ‘Benfica, Vencer, Vencer’, que viu José Veiga ser afastado da corrida com a antecipação das eleições no clube.

Entretanto, e segundo apurou o Correio da Manhã junto de fonte próxima da direcção, deverá ser Fernando Seara, presidente da Câmara Municipal de Sintra, o mandatário da candidatura de Vieira, enquanto Carlos Móia ocupará o cargo de director de campanha.

BRUNO CARVALHO APRESENTA A LISTA A BORDO DE UM AVIÃO

Bruno Carvalho, director do Porto Canal, vai apresentar oficialmente a sua candidatura à presidência do Benfica no dia 17 de Junho, a bordo de um Airbus A319 da TAP, que baptizou de ‘Eagle One’.

O avião partirá do Aeroporto da Portela, em Lisboa, às 14h00 com convidados e jornalistas, e aterra cerca de uma hora depois no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto. O candidato, que em declarações ao CM disse querer um Benfica com 'fome de vitórias', apenas fará o trajecto entre Porto e Lisboa, em que apresentará as linhas do projecto com o qual espera vencer as eleições de 3 de Julho. A bordo seguirá também o ex-jogador do clube Petit (agora no Colónia), mandatário da candidatura de Bruno Carvalho, bem como alguns ilustres que apoiam o vice-presidente da Associação de Jovens Empresário.

FERREIRA AMARAL FORA DA CORRIDA

Joaquim Ferreira do Amaral, ex--ministro do Governo de Cavaco Silva, afastou ontem o cenário de uma eventual candidatura às eleições encarnadas de 3 de Julho. 'A minha vida profissional impossibilita-me de avançar para qualquer corrida à presidência do Benfica', disse ontem o gestor, de 63 anos, ao CM, acrescentando: 'Sempre que há eleições no clube vejo o meu nome na imprensa, mas limito-me a ser um grande benfiquista.'

SAIBA MAIS

DATA-LIMITE

Manuel Vilarinho apontou as 17h30 do dia 22 como a data-limite para a apresentação das candidaturas.

250

Número mínimo de sócios, com mais de um ano de filiação, para a subscrição de candidaturas.

CINCO ANOS

Os Estatutos do clube obrigam a que os candidatos às eleições tenham pelo menos cinco anos como sócio.

NOTAS

JOSÉ VEIGA: EM ANGOLA

José Veiga, ex-director-geral da SAD do Benfica, encontra-se em Angola e, em conversa com o ‘CM’, recusou-se a comentar a antecipação das eleições. 'Não faço comentários', disse.

LUISÃO: FUTURO INDEFENIDO

O central brasileiro do Benfica Luisão garantiu ontem que o seu futuro profissional ficará resolvido 'até ao final de Junho', assumindo que o futebol inglês seria 'uma oportunidade única'.

JORGE JESUS: DIA DECISIVO

O acordo para a saída de Jorge Jesus do Sp. Braga para o Benfica pode ficar concluído até ao final do dia de hoje, apurou o ‘CM’. Os encarnados tencionam apresentar Jesus até sábado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)