Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos
6

Vítimas desaparecidas

Duas das vítimas de abusos sexuais do processo da Casa Pia estão desparecidas. Um dos jovens, ‘A.R.’ de 14 anos, acusa apenas Carlos Silvino e deveria prestar depoimento amanhã à tarde na 53ª sessão do julgamento de pedofilia. A outra testemunha, ‘A.V’ de 18 anos, é o ‘rapaz’ que acusou Herman José e tem depoimento marcado para o próximo dia 2 de Junho.
24 de Maio de 2005 às 13:00
Segundo apurou o CM, os advogados da Casa Pia e das vítimas requereram o adiamento da audiência de amanhã, explicando ao tribunal que as inúmeras tentativas em tentar contactar o menor, através da instituição onde se encontra actualmente, na Suíça, se têm revelado frustradas. Este deverá, aliás, ser o desfecho mais provável uma vez que, segundo soube o CM, até ontem, os mandatários da instituição ainda não tinham conseguido contactar o jovem. No entanto, a juíza Ana Peres, que tem estado ausente do País, ainda não deu qualquer resposta ao requerimento de António Pinto Pereira, o que deverá acontecer durante o dia de hoje. ‘A.R’ acusa Carlos Silvino de um crime de abusos sexuais, durante uma colónia de férias no ano de 2002, facto que foi admitido pelo arguido durante o julgamento. O jovem, à data dos factos com 12 anos, conheceu o ex-motorista através de um irmão mais velho também vítima neste processo.
Quanto a ‘A.V’, o ‘rapaz’ que disse ter mantido actos sexuais com Herman José e que também acusa Carlos Silvino de abusos, o CM sabe que o Ministério Público está a desenvolver diligências para tentar localizá-lo. A tomada de declarações do jovem, que aquando da entrada na Casa Pia foi descrito como um rapaz “tímido, com marcas de sofrimento e abandono”, está marcada para a manhã do próximo dia 2 de Junho e, até ao momento, não foi solicitado qualquer adiamento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)