Barra Cofina

Correio da Manhã

Famosos

Amber Heard acusada de perjúrio após escândalo de contrabando de cães

Cães da atriz e de Johnny Depp não foram registados ao entrar na Austrália em 2015.
Correio da Manhã 1 de Julho de 2022 às 13:31
Vidas
Amber Heard
Amber Heard
Amber Heard volta a estar envolvida em mais uma polémica e, desta vez, é investigada por perjúrio num processo judicial de importação ilegal de animais, avançou o Daily Mail. O incidente remota à visita à Austrália com o ex-marido Johnny Depp, aquando das gravações do filme "Piratas das Caraíbas 5", em 2015. 

Segundo o jornal britânico, o casal britânico quebrou as leis de quarentena e biossegurança ao não declarar a entrada dos seus Departamento de Agricultura, Água e Meio Ambiente da Austrália , quando chegaram ao país. Heard foi acusada do crime em julho do mesmo ano, contudo o processo foi encerrado por se ter declarado culpada em tribunal por falsificação de documentos de viagem, em 2016. 

Na época da confissão foi gravado um pedido desculpas pelo ex-casal, no qual a atriz de "Aquaman" se mostrou arrependida. O comportamento de ambos no vídeo foi rapidamente ridicularizado nas redes sociais e comparado até com um vídeo de reféns. 

O ET Canada afirma que o porta-voz do Departamento de Agricultura, Água e Meio Ambiente da Austrália já confirmou que o caso se encontra "em andamento". A guarda dos cães permaneceu com a atriz após o divórcio das estrelas de cinema, refere o The Sun


Ver comentários
}