Barra Cofina

Correio da Manhã

Famosos
6

Divórcio de Bill e Melinda Gates pode ser um dos mais caros de sempre com 105 mil milhões de euros em jogo

Casal não assinou nenhum acordo pré-nupcial quando casou o que pode complicar acordo financeiro.
Correio da Manhã 4 de Maio de 2021 às 10:53
Vidas
Bill e Melinda Gates
Bill e Melinda Gates FOTO: Justin Sullivan/Getty
Foram 27 anos de casamento e agora uma fortuna avaliada em 125,6 mil milhões de dólares (105 mil milhões de euros) para dividir em partes iguais. O divórcio de Bill e Melinda Gates pode ser um dos mais caros de sempre e tornar-se uma verdadeira dor de cabeça visto que não há qualquer acordo pré-nupcial assinado. 

Isto significa que o casal poderá levar anos até conseguir chegar a um acordo financeiro que satisfaça ambas as partes.

A divisão da fortuna do casal será a maior divisão de ativos desde que Jeff Bezos se separou de MacKenzie em meados de 2019. Na altura, Bezos saiu com 75% da Amazon, e MacKenzie com 35,8 mil milhões de dólares em ações.

Se o casal dividir a fortuna em partes iguais, um dos acordos mais expectável, o fundador da Microsoft poderá cair do quarto lugar para o sétimo no índice oficial de bilionários.

Bill e Melinda casaram-se em 1994 na ilha havaiana de Lanai. Esta segunda-feira, o casal, que já havia descrito a vida de casado como 'incrivelmente difícil', confirmou publicamente a decisão da separação.

Os advogados agora têm a tarefa de dividir a imensa riqueza do casal.

"Depois de muita reflexão e muito esforço no nosso relacionamento, tomamos a decisão de terminar o nosso casamento. Durante os últimos 27 anos nós criamos três filhos incríveis e construímos uma fundação que trabalha ao redor de todo o mundo para que todas as pessoas possam levar uma vida saudável e produtiva", revelaram esta segunda-feira em comunicado.

O casal Gates anunciou que vai continuar a trabalhar conjuntamente na Fundação Bill, que luta contra a pobreza e as doenças, fundada em 2002.

Em 2010, Bill Gates e o também bilionário Warren Buffett lançaram uma organização filantrópica, apelando aos seus pares que se comprometessem a doar pelo menos metade da riqueza à caridade.

Cofundador da Microsoft, Bill Gates tem uma fortuna avaliada em 125,6 mil milhões de dólares (105 mil milhões de euros) pela revista Forbes.

O casal tem três filhos e mora no Estado de Washington, nos Estados Unidos.
Bill Gates Melinda Gates Jeff Bezos MacKenzie questões sociais filantropia economia negócios e finanças
Ver comentários