Barra Cofina

Correio da Manhã

Famosos

Escândalos, polémicas e histórias que marcam os casamentos reais britânicos

Recorde os principais matrimónios dos últimos 100 anos da Casa Real de Inglaterra.
Catarina Figueiredo 12 de Maio de 2018 às 14:03
Casamento do Príncipe Carlos com Diana Spencer, em 1981
Matrimónio polémico entre o Rei Eduardo VII e a socialite americana Wallis Simpson, em 1937
Rei Jorge VI e a Rainha-Mãe Elizabeth em 1923
Casamento de Isabel II e Duque Filipe de Edimburgo, em 1947
Casamento de Isabel II e Duque Filipe de Edimburgo, em 1947
Casamento do Príncipe Carlos com Diana Spencer, em 1981
Príncipe Carlos e Camilla Parker Bowles casaram em 2005
Príncipe Carlos e Camilla Parker Bowles casaram em 2005
Casamento de William e Kate, em 2011, assistido por mais de dois biliões de pessoas em todo o mundo
Casamento de William e Kate, em 2011, assistido por mais de dois biliões de pessoas em todo o mundo
Casamento do Príncipe Carlos com Diana Spencer, em 1981
Matrimónio polémico entre o Rei Eduardo VII e a socialite americana Wallis Simpson, em 1937
Rei Jorge VI e a Rainha-Mãe Elizabeth em 1923
Casamento de Isabel II e Duque Filipe de Edimburgo, em 1947
Casamento de Isabel II e Duque Filipe de Edimburgo, em 1947
Casamento do Príncipe Carlos com Diana Spencer, em 1981
Príncipe Carlos e Camilla Parker Bowles casaram em 2005
Príncipe Carlos e Camilla Parker Bowles casaram em 2005
Casamento de William e Kate, em 2011, assistido por mais de dois biliões de pessoas em todo o mundo
Casamento de William e Kate, em 2011, assistido por mais de dois biliões de pessoas em todo o mundo
Casamento do Príncipe Carlos com Diana Spencer, em 1981
Matrimónio polémico entre o Rei Eduardo VII e a socialite americana Wallis Simpson, em 1937
Rei Jorge VI e a Rainha-Mãe Elizabeth em 1923
Casamento de Isabel II e Duque Filipe de Edimburgo, em 1947
Casamento de Isabel II e Duque Filipe de Edimburgo, em 1947
Casamento do Príncipe Carlos com Diana Spencer, em 1981
Príncipe Carlos e Camilla Parker Bowles casaram em 2005
Príncipe Carlos e Camilla Parker Bowles casaram em 2005
Casamento de William e Kate, em 2011, assistido por mais de dois biliões de pessoas em todo o mundo
Casamento de William e Kate, em 2011, assistido por mais de dois biliões de pessoas em todo o mundo
Falta uma semana para a Casa Real britânica dar as boas vindas a Meghan Markle como membro oficial da monarquia inglesa. É já no próximo sábado, dia 19 de maio, que a atriz norte-americana vai dar o nó com o príncipe Harry, o filho mais novo do príncipe Carlos e da falecida princesa Diana.

Os casamentos reais britânicos são autênticos eventos mundiais, que atraem milhares de pessoas que querem testemunhar ao vivo, ou apenas através dos media, o amor entre os casais da linhagem real de Inglaterra.

São poucos os que não se recordam do casamento entre a "princesa do povo", Diana, com o primogénito da Rainha de Inglaterra, Carlos. Mais recentemente, em 2011, as atenções viraram-se para o matrimónio de William e Kate, os duques de Cambrigde.

São várias as polémicas e as histórias que marcam os casamentos reais dos últimos 100 anos, uns pelas melhores razões e outros nem tanto. De qualquer forma, serão certamente todos eles recordados por várias gerações de todo o mundo como os dias em que o Reino Unido para para vivenciar um evento que ficará para sempre recordado na história.

Casamento polémico de Eduardo VIII

O casamento entre Harry e Meghan não é o primeiro a estar envolto em polémica no que toca aos matrimónios entre membros da realeza.

Recuando quase um século no tempo, é possível recordar um dos casamentos mais comentados e ostracizados da Família Real britânica, protagonizado pelo Rei Eduardo VIII, que abdicou do trono para contrair matrimónio com a socialite americana Wallis Simpson, que já somava dois divórcios. O casamento ocorreu no Castelo de Cande, em França, sem grande atenção mediática.

Nova linhagem, novo matrimónio

Foi então que a linhagem real mudou de rumo e nos trouxe até aos dias de hoje. O pai da atual Rainha Isabel II, o Rei Jorge VI, duque até então, assumiu o trono após o irmão renunciar à coroa.

Casou-se em 1923 com Elizabeth Bowes-Lyon, uma nobre inglesa, filha do Conde de Strathmore e Kinghorne. O enlace aconteceu na Abadia de Westminster, em Londres. O casal foi aplaudido por uma gigante multidão quando retornaram ao Palácio de Buckingham, casados de fresco.

A Rainha ficou para sempre conhecida pelo povo como a "duquesa sorridente" por estar constantemente a sorrir e por ser atenciosa para com os seus admiradores e súbditos.

Rainha Isabel II e Duque de Edimburgo fizeram história na rádio

Foi no dia 9 de julho de 1947 que Isabel II, a mais velha das três filhas do Rei Jorge VI, ficou noivo de Filipe, filho do príncipe Andrew da Grécia e futuro Duque de Edimburgo. Quatro meses depois, a futura rainha trocava as alianças com o noivo na Abadia de Westminster, à semelhança dos seus pais, numa cerimónia que contou com mais de 2000 convidados.

A cerimónia entrou para a história por ter sido transmitida ao vivo pela rádio da BBC para cerca de 200 milhões de ouvintes em todo o mundo.

Mundo de olhos postos na "princesa do povo"

O casamento real entre o Príncipe Carlos, atual herdeiro do trono inglês com Diana Spencer é provavelmente o mais acarinhado e ansiado em todo o mundo. A cerimónia matrimonial que juntou o futuro rei, na altura com 32 anos, e aquela que viria a ser apelidada como a "princesa do povo", com apenas 20 anos, foi descrito por vários meios de comunicação social como um verdadeiro "conto de fadas".

Celebrado na Catedral de St. Paul, em Londres, o casamento foi testemunhado por cerca de 700 milhões de pessoas que assistiam ao enlace através da televisão no dia 29 de julho de 1981. A imagem do recém-casal a acenar à multidão numa carruagem será certamente uma das que marcarão para sempre o evento de proporções mundiais.

Após terem sido pais de William, em 1982, e de Harry, em 1984, Diana e Carlos separaram-se em setembro de 1992 após acusações de adultério. No dia 31 de agosto de 1997, o mundo chorou a morte da eterna "princesa do povo", que vítima de um acidente de carro em Paris e que tantas saudades deixou aos seus entes queridos e admiradores.

Segundo casamento de Carlos indesejado pelo povo

Após a morte da ex-mulher, o Príncipe Carlos decidiu dar mais uma oportunidade ao amor e em 2005 anunciava estar noivo daquela que terá sido a sua amante de longa data, Camilla Parker Bowles. O casamento não foi totalmente bem aceite por aqueles que culpavam a futura mulher do monarca pela destruição do casamento com Diana.

A cerimónia civil teve lugar em Windsor, no dia 9 de abril de 2005, com a presença de cerca de 800 convidados. A falta mais notada foi na altura a da Rainha Isabel II que como Governadora Suprema da Igreja de Inglaterra não pôde marcar presença, juntando-se às festividades mais tarde.

Kate e William protagonizaram dia histórico

No dia 29 de abril de 2011, mais de dois milhões de pessoas assistiam em todo o mundo à história a ser feita, com Kate Middleton a ser a primeira mulher plebeia a contrair matrimónio com um membro da família real, o príncipe William. O primogénito de Carlos e Diana conheceu a futura mulher e mãe dos seus três filhos em 2001 na universidade da Escócia.

A cerimónia fez furor pelos convidados de luxo, brilho e cumplicidade dos noivos. A elegância da noiva deu (e ainda dá) que falar, com muitos dos meios de comunicação mundial a apelidar Kate como a "nova Diana", adorada pelo povo. A cerimónia teve lugar na Abadia de Westminster, em Londres.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)