Barra Cofina

Correio da Manhã

Famosos

Filhos de Diana voltam ao local da dor

Filhos de Lady Di depositaram flores à entrada do Palácio de Kensington.
Miguel Azevedo 1 de Setembro de 2017 às 01:30
Harry e William visitaram o memorial da mãe no dia em que se assinalam os 20 anos da morte da princesa Diana
Harry e William visitaram o memorial da mãe no dia em que se assinalam os 20 anos da morte da princesa Diana
Harry e William visitaram o memorial da mãe no dia em que se assinalam os 20 anos da morte da princesa Diana
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana com o príncipe Carlos e o príncipe Harry, em 1985
Diana sempre soube da relação extraconjugal do marido
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Diana sempre soube da relação extraconjugal do marido
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Harry e William visitaram o memorial da mãe no dia em que se assinalam os 20 anos da morte da princesa Diana
Harry e William visitaram o memorial da mãe no dia em que se assinalam os 20 anos da morte da princesa Diana
Harry e William visitaram o memorial da mãe no dia em que se assinalam os 20 anos da morte da princesa Diana
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana com o príncipe Carlos e o príncipe Harry, em 1985
Diana sempre soube da relação extraconjugal do marido
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Diana sempre soube da relação extraconjugal do marido
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Harry e William visitaram o memorial da mãe no dia em que se assinalam os 20 anos da morte da princesa Diana
Harry e William visitaram o memorial da mãe no dia em que se assinalam os 20 anos da morte da princesa Diana
Harry e William visitaram o memorial da mãe no dia em que se assinalam os 20 anos da morte da princesa Diana
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana morreu a 31 de agosto de 1997
Diana com o príncipe Carlos e o príncipe Harry, em 1985
Diana sempre soube da relação extraconjugal do marido
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Diana sempre soube da relação extraconjugal do marido
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Diana, a 'Princesa do Povo', morreu há 20 anos
Foi debaixo de chuva e com um ramo de flores nas mãos que William e Harry prestaram homenagem à mãe, Diana de Gales, 20 anos depois da sua morte, ocorrida a 31 de agosto de 1997. Os dois príncipes deslocaram-se quarta-feira, emocionados, até aos portões do Palácio de Kensington, em Londres, onde viveu a princesa do povo e onde nos últimos dias centenas de pessoas prestaram o seu tributo, deixando bilhetes, flores, velas, fotografias e dedicatórias.

William e Harry, que à data da morte de Diana (1997) eram apenas dois jovens, depositaram dois ramos de flores curiosamente por debaixo de um cartaz com uma enorme imagem de Diana onde se podia ler: "O seu trabalho continua através dos seus amados filhos, o príncipe William e o príncipe Harry." Tal como havia acontecido há 20 anos, ontem os portões do palácio de Kensington voltaram a encher-se de mensagens de apreço e de saudade numa quase reedição do dia em que se soube da morte da princesa do povo. De resto, desde terça-feira que as cercas do palácio se vinham transformando num enorme altar de flores.

Também em Paris, onde Diana morreu, centenas de pessoas prestaram homenagem à mulher que soube desafiar a monarquia, furar os protocolos e destabilizar a família real. Na ‘cidade luz’, a homenagem a Diana teve lugar no monumento criado em sua memória, a Chama da Liberdade, na entrada do túnel de l’Alma, onde a princesa morreu ao ser perseguida por papparazi, ao lado do namorado, Dodi Al Fayed.

Recorde-se que William e Harry já encomendaram uma estátua de Diana que será erguida até ao final do ano, precisamente nos jardins de Kensington. "Harry e eu sentimos intensamente que queremos celebrar a sua vida" disse o filho mais velho de Lady Di, num documentário que foi exibido no passado domingo e no qual o príncipe herdeiro deixou bem visível a ferida aberta que ainda persiste

Teoria da conspiração ainda bem presente 
Vinte anos depois, a morte de Diana de Gales continua envolta em muitas teorias da conspiração. Há quem não acredite na tese de acidente e defenda mesmo que a princesa do povo foi, afinal de contas, assassinada. Facto: Diana perdeu a vida no dia 31 de agosto de 1997, às 00h26, depois de o Mercedes em que se deslocava ter embatido com violência no 13º pilar do túnel da l’Alma, em Paris. A investigação concluiu que foi um acidente, mas há quem ainda não esteja convencido. Algumas teorias garantem que o acidente teria sido provocado por um  Fiat branco e não por um simples despiste. Há ainda quem defenda que o Mercedes que transportava Diana não estaria nas melhores condições, apresentando problemas mecânicos que se agravavam quando a viatura ultrapassava os 80 km/hora. Há outras teorias que defendem que o motorista estava alcoolizado.
Ver comentários