Barra Cofina

Correio da Manhã

Famosos
1

Hugo Ernano é o GNR agredido pelo cantor Virgul

Músico exaltou-se junto à discoteca Bliss.
Pedro F. Guerreiro 17 de Agosto de 2017 às 01:30
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Virgul
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Virgul
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Virgul
Virgul
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Virgul
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Virgul
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Virgul
Virgul
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Virgul
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Cantor Virgul foi ouvido no Tribunal de Loulé
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Virgul
Hugo Ernano esteve suspenso depois de ter atingido a tiro um menor que o pai tinha levado para um assalto
Virgul
Virgul
O cantor Virgul, que se destacou na banda Da Weasel, foi detido esta quarta-feira de madrugada por agredir à cotovelada um militar da GNR, numa operação de fiscalização rodoviária nas imediações da discoteca Bliss, em Vilamoura. O alvo da agressão foi Hugo Ernano, o militar condenado por atingir mortalmente um menor, que tinha sido levado pelo pai para um assalto, em 2008.

Ao que o CM apurou, a situação aconteceu perto das 07h00 de ontem, quando os militares da GNR deram ordem de paragem ao automóvel de alta cilindrada Porsche Carrera em que o músico seguia, como passageiro, com três amigos. Segundo testemunhas, antes de ser mandado parar, o condutor da viatura tinha feito piões no estacionamento da discoteca Bliss.

O condutor acatou a ordem de paragem dos GNR e os vários ocupantes saíram normalmente do carro. No entanto, já no exterior, Virgul (Bruno Silva) começou a exaltar-se e começou a injuriar os militares.

Os elementos do Grupo de Intervenção da Ordem Pública (GIOP) também foram chamados ao local, mas quando Hugo Ernano se preparava para fazer a revista ao músico, junto à viatura, Virgul agrediu-o com uma cotovelada. Foi então manietado e detido. Hugo Ernano sofreu uma lesão no maxilar e acabou por ser transportado ao hospital de Faro para receber tratamento.

O músico foi levado ao posto da GNR de Vilamoura, onde foi notificado para se apresentar ontem à tarde no Tribunal de Loulé. Acompanhado por um advogado, o músico compareceu, mas requereu um período para preparar a defesa. Ficou marcada nova audiência para 31 de agosto.

Confrontado pelo CM à entrada do tribunal, o músico não quis prestar qualquer declaração sobre o caso.

Hugo Ernano só regressou ao trabalho em 2016
O militar agredido por Virgul foi Hugo Ernano, que foi condenado por ter atingido mortalmente um menor de 13 anos levado pelo pai para um assalto, em 2008. Além de uma pena suspensa de quatro anos de prisão por homicídio simples, por negligência grosseira, ainda foi condenado a pagar uma indemnização de 44 mil euros à mãe do menor e outra, de 11 mil euros, ao pai. Foi ainda suspenso de funções durante 8 meses. Só regressou ao trabalho em dezembro do ano passado.

Artista lançou-se em carreira a solo após fim dos Da Weasel
atural de Almada, Bruno Alexandre Silva, mais conhecido como Virgul no meio artístico, destacou-se nos Da Weasel como um dos vocalistas, a par de Pacman (Carlão). Depois do fim da banda, em 2010, o cantor fez parte dos Nu Soul Family e estreou-se a solo. ‘I Need This Girl’ é uma das músicas mais conhecidas. Na segunda-feira à noite, tinha atuado em Santa Luzia, Tavira.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)