Tiger Woods nega ter conduzido alcoolizado

Golfista garante que estava sob o efeito de medicação prescrita por um médico.
30.05.17
O golfista norte-americano Tiger Woods, ex-número um mundial, negou na segunda-feira ter conduzido sob influência de substâncias tóxicas, álcool e marijuana, garantindo estar sob medicação.

Woods foi detido pela polícia cerca da 01h00 da madrugada de segunda-feira e posto em liberdade horas depois.

"Entendo a gravidade do que fiz e assumo total responsabilidade pelos meus atos. Quero que o público saiba que não houve álcool implicado. O que aconteceu foi uma reação inesperada a um medicamento que se vende com receita", escreveu Woods em comunicado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!