Vício de Marante foi "adquirido com Rangel"

Proença de Carvalho comenta vício da jornalista em biografia.
Por Marco Pereira, Rita Montenegro e Vânia Nunes|30.04.16
Vício de Marante foi "adquirido com Rangel"
Margarida Marante morreu em 2012, aos 53 anos, na sequência de problemas cardíacos Foto Vasco Neves
A dependência de drogas foi assumida por Margarida Marante, mas o advogado Daniel Proença de Carvalho revela agora que o vício em cocaína da falecida jornalista se iniciou com o marido de então, Emídio Rangel – que morreu em agosto de 2014. 

"Daniel Proença de Carvalho, que manteve sempre a amizade nesses tempos duros, pensa que ‘esse vício fora adquirido com Emídio Rangel, mas enquanto ele tinha estrutura física e emocional para recuperar, a Margarida não tanto’", escreve Maria João Martins numa nova biografia de Margarida Marante, citando o conhecido advogado.

Clique na imagem para saber mais


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De silvacoelho01.05.16
    ...... "pensa...". julgo que é uma acusação muito grave , já que estaria na origem da sua morte(?) para se fundamentar num simples pensar, tem que ter ou mostrar provas do que diz !
6 Comentários
  • De Praça05.05.16
    Vícios privados, públicas virtudes.
    Responder
     
     0
    !
  • De João Carvalho02.05.16
    Depois de as pessoas visadas não se poderem defender é que este senhor vem dizer isto! Porque não a ajudou na altura? Mais um para envergonhar o País.
    Responder
     
     8
    !
  • De Rosa Maria Gonçalves02.05.16
    Grande perda, foi uma Boa profissional pena não ter conseguido viver sem o que dizem ser o seu vício .
    Responder
     
     1
    !
  • De silvacoelho01.05.16
    ...... "pensa...". julgo que é uma acusação muito grave , já que estaria na origem da sua morte(?) para se fundamentar num simples pensar, tem que ter ou mostrar provas do que diz !
    Responder
     
     3
    !
  • De Helena Cruz01.05.16
    Oh Sr Proença , não acha que isso só diz respeito a família pois os próprios já cá não estão para se defenderem ."Ponto" e mudamos de linha. Não era melhor esclarecer algo mais atual processos de corruptos que sabe muito deles ........
    Responder
     
     4
    !