Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
5

Ator porno espanhol detido por matar com veneno de sapo

Nacho Vidal, famoso na indústria, está acusado do homicídio de um fotógrafo, durante um ritual místico.
4 de Junho de 2020 às 19:06
Nacho Vidal
Nacho Vidal FOTO: Getty Images

Nacho Vidal, um dos nomes mais conhecidos da indústria pornográfica espanhola, está a dar que falar em todo o mundo depois de, na passada sexta-feira ter sido detido pela polícia espanhola e acusado pelo homicídio de um fotógrafo de moda, José Luis Abad. O crime remonta a julho de 2019, em Enguera, na Comunidade Valenciana, e ocorreu durante um ritual místico, em que os participantes inalam veneno de uma espécie de sapo. Juntamente com Nacho Vidal, outras duas pessoas estão acusadas de homicídio por negligência no caso.

O sapo, uma espécie rara que habita no México, e nos EUA (Califórnia e Arizona), produz um veneno que é uma poderosa substância psicadélica, conhecida como 5-MeO-DMT. O veneno é utilizado, segundo as autoridades espanholas, em rituais místicos nos quais os participantes acreditam que a sua inalação tem benefícios para a saúde (algo sem qualquer base científica).

A polícia espanhola explica que Nacho Vidal organizou uma cerimónia deste tipo na sua propriedade e que "o ritual ancestral aparentemente inofensivo" era uma armadilha, pois "constituía sério risco de saúde a todos os participantes, que eram facilmente influenciáveis por estarem vulneráveis ou por procurarem cura para doenças  e vícios usando métodos alternativos".

Os investigadores adiantam que foram vários os rituais deste tipo organizados pelos envolvidos neste caso. Nacho Vidal foi detido e será presente a um juiz em breve.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)