Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos

Avó portuguesa 'reforma-se' para se tornar estrela porno

Sandra Maria faz furor nas redes sociais e já ganha mais de 1500 euros por mês com as suas fotografias e vídeos escaldantes.
Pedro Zagacho Gonçalves 9 de Junho de 2020 às 18:28
Sandra Maria Brook tem 59 anos
Foi a filha de Sandra Maria que a convenceu a mudar de carreira
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Foi a filha de Sandra Maria que a convenceu a mudar de carreira
Sandra Maria Brook tem 59 anos
Foi a filha de Sandra Maria que a convenceu a mudar de carreira
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Foi a filha de Sandra Maria que a convenceu a mudar de carreira
Sandra Maria Brook tem 59 anos
Foi a filha de Sandra Maria que a convenceu a mudar de carreira
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Sandra é luso-holandesa e mostra-se em poses sensuais nas redes sociais. Mulher vende votos e vídeos porno em plataforma online
Foi a filha de Sandra Maria que a convenceu a mudar de carreira

Uma avó luso-holandesa, de 59 anos, está a dar que falar depois de se ter reformado para se tornar estrela pornográfica. Sandra Maria Brook, que divide o seu tempo entre Portugal e a capital dos Países Baixos, Amesterdão, deixou o seu anterior emprego para se dedicar à produção de conteúdo para adultos. À imprensa inglesa, a mulher explica que a venda de fotografias e vídeos já lhe rende mais de 1500 euros mensais.

No Instagram, onde se mostra em poses sensuais, Sandra faz furor, contando com mais de 11 mil seguidores. Segundo relatou ao diário britânico Daily Star, foi a filha de Sandra, Yaela (também produtora de conteúdo pornográfico) que a convenceu a vender as suas fotografias escaldantes na plataforma OnlyFans. Sandra admite que, desde que começou, nunca pensou voltar atrás. A luso-holandesa já tinha trabalhado como dançarina, massagista, personal trainer e coreógrafa.

"Passei muito tempo da minha vida no palco, por isso sei o que é montar uma performance para um público. A Yaela contou-me tudo sobre o trabalho que fazia online e falámos abertamente disso. Fiquei feliz por ela conseguir ganhar muito dinheiro e criar um mundo virtual só para ela. Orgulhava-me dela, mas achava que não conseguia fazer o mesmo sozinha", conta Sandra Maria Brook, conhecida nas redes sociais por Bibi Brook.

Foi depois de uma viagem a Portugal, e durante a qual Sandra recebeu uma oferta de trabalho no Reino Unido, que a mulher decidiu mudar definitivamente de vida. "A Yaela ofereceu-se para me ensinar como ganhar dinheiro e como tirar fotografias e gravar vídeos. Pensei e disse que sim. Não apenas pelo trabalho, mas também pela oportunidade que me dá de estar com a minha filha mais tempo, para além das férias. Para além disso, permite-me estar com o meu neto, o filho da Yaela, que adorou a ideia de poder levá-lo e buscá-lo à escola, preparar-lhe as refeições e cuidar dele", relatou.

A luso-holandesa admite que teve medo de não se adaptar à nova carreira: "Tinha muito a aprender e estava preocupada com o meu físico. Mas a Yaela ajudou-me em tudo, também como construir o meu perfil online, trabalhar a minha forma no ginásio, ter as minhas unhas, cabelo e dentes perfeitos outra vez".

Sandra Maria explica que a pandemia do novo coronavírus ameaçou travar o início da sua nova aventura. "Claro! A Covid-19 veio tornar tudo mais difícil. O meu plano era começar a minha página quando tivesse 5 mil seguidores no Instagram, mas acabei por começar em março deste ano com 3 mil seguidores. Estou muito grata por ter fãs que pagam pelo meu conteúdo, que renovam as suas subscrições. Claramente que lhes dou o que eles querem!", revela a avó.

A nova carreira veio trazer outra surpresa a Sandra, que admite que não esperava que as suas fotografias e vídeos atraíssem faixas etárias mais baixas. "Não contava que a minha maior audiência fosse na faixa etária abaixo dos 35! Adoro falar com os meus fãs e subscritores, a maioria é muito simpática, e muito giros! É divertido ver as interações online entre eles também. Às vezes é bom falar apenas com eles. Há muitas almas solitárias por aí. E da forma como este meu novo trabalho funciona, dá-me uma nova energia para reagir e ajudar", finaliza Sandra Maria.
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)