Cidade espanhola vai "deportar" pombos

Cádiz encontrou uma solução inovadora e sustentável para acabar com a ‘praga’ de pombos e respetivos dejetos.
04.12.18
A cidade espanhola de Cádiz encontrou uma solução inovadora e sustentável para acabar com a ‘praga’ de pombos e respetivos dejetos que tomou conta das ruas.

Em vez de envenenar as incómodas aves, as autoridades municipais delinearam um plano para capturar cerca de 5 mil pombos e transferi-los de forma humana para outra região a quase 300 quilómetros de distância... na esperança de que não sigam o instinto e voltem a casa.

As autoridades locais disseram que esta era uma solução "mais respeitosa e sustentável".

Álvaro de la Fuente, vereador da cidade, disse ao jornal diário Diario de Cádiz que "administrar a população de pombos existentes não implica a erradicação destes dentro da área urbana".

O pombo comum é conhecido por sua consciência de localização - o famoso pombo-correio usado para transmitir mensagens de guerra é uma variante da espécie - o que pode levá-los a regressar a Cádiz.

No entanto, ao contrário de seus pares treinados, os pássaros selvagens costumam se contentar em se instalar numa área local e é isso mesmo que as autoridades em Cádiz esperam que aconteça quando todos os cinco mil pombos forem colocados numa nova localidade.

pub

pub