Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
5

Condenado por fingir que folhado de salsicha era o seu pénis

Homem mostrou salgado a mulher que pensou tratar-se do órgão sexual.
2 de Dezembro de 2017 às 15:56

Um homem inglês foi condenado em tribunal depois de ter mostrado um folhado de salsicha a uma mulher na rua, fingindo que o salgado era o seu órgão sexual. A vítima diz que ficou "traumatizada" e que nunca mais conseguiu passar no local onde tudo aconteceu.

Daniel Proctor, de 30 anos, estava acusado de assediar a mulher à porta de um restaurante em Newcastle, no Reino Unido. A Mulher queixou-se imediatamente a um polícia que um homem lhe tinha mostrado o pénis.

O agente encontrou Daniel escondido no interior da casa de banho do restaurante e preparava-se para o deter quando o homem respondeu que se tratava de um folhado de salsicha e não do seu pénis. Daniel acabou detido por comportamento desordeiro.

"Estava a cerca de 50 metros do arguido e vi que ele me estava a mostrar o pénis. Ele reparou que eu olhei e olhou para mim durante cinco a 10 segundos e depois pôs-se em fuga. Depois explicaram-se que não era um pénis mas sim um folhado de Salsicha da loja ‘Greggs’, mas ele mostrou-me como se fosse o seu órgão sexual. Fiquei em pânico e muito assustada", relatou a vítima em tribunal.

O arguido não compareceu em tribunal. A advogada de Daniel alegou que este sofre de problemas mentais e que não tinha conhecimento da razão pela qual não tinha aparecido no julgamento.

O homem acabou condenado a uma pena de seis meses de prisão com pena suspensa.

Daniel Proctor Newcastle Reino Unido Greggs Mulher crime lei e justiça tribunal salsicha pénis
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)