Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
7

Conduziu 300 quilómetros a dormir

Mulher enviou mensagens de telemóvel e não se lembra do sucedido.
16 de Agosto de 2013 às 10:21
Imagem de simulação
Imagem de simulação FOTO: Diana Starobinskaya / Getty Images

Uma neozelandesa conduziu durante centenas de quilómetros e enviou mensagens de telemóvel enquanto dormia.

A polícia recebeu o alerta à meia-noite de quarta-feira, por parte de uma amiga da mulher, que estava preocupada por esta ter saído de carro após tomar medicação para dormir.

As autoridades foram informadas de que, dez meses antes, a mulher tinha conduzido enquanto dormia, dirigindo-se para a praia.

Foi então enviada uma patrulha com o objetivo de encontrar o automóvel, ao mesmo tempo que tentavam triangular a localização através do telemóvel.

Cinco horas mais tarde, foi encontrada com a cabeça caída sobre o volante, junto a uma casa em que vivera, em Mount Maunganui. Ao todo, viajou cerca de 300 quilómetros, desde Mount Maunganui, durante os quais foi enviando mensagens de telemóvel, apesar de não se recordar de nada.

"É necessário arranjar, com urgência, uma ordem que a proíba de conduzir e levá-la a um especialista médico", referiu o sargento Dave Litton, que salientou que "tê-la encontrado em segurança foi um grande alívio, tendo em conta que podia ter acontecido uma tragédia".

conduzir dormir sono nova zelândia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)